Home » + Chamada » Que loucura!

Que loucura!

É de confundir, no mínimo.  O Botafogo que raramente joga a Libertadores parece um veterano. Não entra na catimba, domina o jogo, vence, vai passando e convencendo.

O seu melhor jogador não pode jogar, o time mantém a calma e não muda a forma de tocar a bola e buscar o gol. Não há desespero, nem mesmo quando perdendo como contra o Colo-Colo.

Sua torcida está quase otimista, o que já tornaria o caso inacreditável.  E isso tudo acontecendo sem o seu principal jogador desde 2016. Quem diria?

Talvez seja o Jair. Talvez seja fase. Talvez um grupo muito bom escondido pela falta de grife. Talvez seja tudo tão real que custemos a acreditar. Mas fato é que o “quase morto” fadado ao rebaixamento e atolado em dívidas sem fim da gestão anterior achou uma maneira não apenas de sobreviver mas também de manter a pose.

O Botafogo que viveria anos difíceis goza de resultados de time grande, como sempre foi. Sem um arranhão.

É estranho ver esse Botafogo em campo meses após a montagem de um time que nos fazia esperar o pior. E pior ainda: parte deste time está em campo!

Até onde vai, não sei. Até onde já foi, se comparado ao que previmos para você, és o cala a boca da década já.

Que assim seja. O “erramos” mais gostoso possível.

abs,
RicaPerrone

Comentários