Home » Futebol » Clubes » Cruzeiro » Quase lá!

Quase lá!

gre97O resultado foi bom. Poderia ter sido melhor, já que o Estudiantes não é o bicho que pintaram. Pelo contrário, é apenas mais um time bem argentino. Daqueles que pressiona cruzando na área, que catimba, bate, irrita e futebol que é bom mesmo só se der tempo.

O Cruzeiro, que anda recuando mais e mais a cada jogo, conseguiu empatar. Poderia ter ganho, era só ter tido um pouco mais de ousadia.

O time que jogava mais bonito no país entrou no clima de Libertadores e, contrariando até sua postura natural, anda fazendo resultado. Não acho necessário.

Contra o SPFC, desfalcado, fez um jogo razoavel em casa. Na volta, jogou bem.

Contra o Gremio, fez dois jogos comuns. Mas quando atacou fez o gol. Isso é competencia pra muitos, mas pra mim é contar demais com a sorte também. Voce não sabe se toda vez que tiver 3 chances de gol fará uma. Seria melhor ir buscar 10 chances pra fazer 2.

Contra o Gremio foi uma classificação 90% no oportunismo ofensivo. Em momento algum dos dois jogos o time esteve melhor em campo que o Gremio. Sempre igual, ou até inferior. Mas, ganhando, o regulamento fala alto.

Nesta final o Cruzeiro se comportou muito bem na defesa, mas de novo teve medo de ir pra cima. E se fosse, ficou claro, dava pra ganhar. Eles não jogam tudo isso, e o time do Cruzeiro é muito mais talentoso que o deles. Como era contra o Gremio e o SPFC.

Essa mudança de postura em virtude da competição nunca me agradou. Mas, está nas mãos do Cruzeiro.

Uma vitória simples em casa o tri é azul e branco. Merecidissimo, diga-se.

Jogo ganho? Não. Nem pensar! Argentino é frio, chato, irritante. Faz catimba pra ganhar nos penaltis.

Em casa, tem que ser o Cruzeiro de 1 mes atrás e ir pra cima sem dó. A vitória aparecerá. E só será dificil se o time ficar mais preocupado com o EStudiantes do que o Estudiantes com o Cruzeiro.

Pra cima deles!

abs,
RicaPerrone