Home » Futebol » Clubes » Fluminense » Quanto vale um ídolo?

Quanto vale um ídolo?

Entre o Conca que todos enxergam e o Conca do Fluminense há um intervalo. Este determina que estamos falando de um grande jogador, talvez até um “craque”.  Nem a “farsa” plantada pelos rivais, nem o “deus” que imaginam os tricolores.

Conca é um ídolo. Uma referência interna. Uma marca do oposto do que mais irrita o torcedor do Flu nos últimos anos: contusões.

Para eles, tricolores, Dario é um jogador que estaria vestindo a 10 da seleção argentina com absoluta certeza. O mais importante jogador de um time que tem Fred, titular da seleção brasileira que recebe a Copa em alguns meses.

Para os outros, um grande jogador que reforça o time do Fred.

Eles não conseguem ver isso de dentro, como os outros, de fora, não entendem o tamanho de Conca para o Flu.

O Flu do Fred vai disputar títulos e parece num bom caminho. Gosto do sistema de jogo, a idéia da formação.  Deve funcionar e torná-lo competitivo em quase tudo que disputar.

O Flu do Conca é outro. Esse é um Flu que ficará entre a torcida e o time, sem sair dos muros da laranjeiras.

Inexplicável identificação para quem vê de fora, mais incontestável ainda pra quem vê de dentro. Afinal, como não achar Conca um Pelé?

Simples. Não sendo tricolor. E, portanto, não tendo nada a ver com isso.

Portanto, cale-se. Conca é o que quiser ser, desde que seja no Fluminense.

Abs,
RicaPerrone

Comentários