Home » Futebol » Clubes » Fluminense » Pro gasto

Pro gasto

Imagine a cabeça de um dirigente do Fluminense.  Ele precisa montar um time até junho pra que, exatamente? Pra jogar o estadual e 4 jogos mediocres da Copa do Brasil.  Talvez alguns do Brasileirão, mas nem um 25% dele. E então, pausa, pré temporada, janela, tudo de novo.

Não há nada pior no futebol do que estar brigando por nada.  Até mesmo a perspectiva de “não cair” é mais envolvente e interessante do que a de cumprir tabela. Infelizmente, meus caros, o Flu segue cumprindo tabela.

Joga pro gasto. E serve.

As vezes se anima e faz alguma coisinha a mais. Mas na real nem mesmo os jogadores conseguem enxergar um motivo grande a curto prazo. O Fluminense vai nessa de bater em pequeno até as semi, onde enfim fará algo que atraia torcida, mídia, até mesmo o time.

Hoje, contra o Macaé, mais uma vez aquela sensação de “faz 1×0 aí e espera acabar”.  Afinal, quem é que coloca canela num jogo desses? Quem quer “algo mais” num campeonato empurrado com a barriga até o fim?

E não é culpa do Flu. Ou até é, já que assinou também esse regulamento imbecil que tira o pouquinho de emoção que o estadual tinha.

Para quem joga Libertadores, vá lá.  Para quem ficou fora, o ano começa em abril.  Infelizmente.

Mas pra quem faz uma pré-temporada de luxo, o Flu vai muito bem, obrigado.

abs,
RicaPerrone

Comentários