Home » Futebol » Botafogo » Pra que simplificar?

Pra que simplificar?

O Botafogo disputa 2 competições ao mesmo tempo.  O que me parece natural desde o dia que nasci, hoje, é uma aberração. Os coitadinhos, com 200 vezes mais preparo físico do que antigamente, não podem jogar 2 vezes na semana porque ficam dodói.  Agora até jogador abalado psicologicamente temos que aturar. Jajá vão poupar jogador por ele ter perdido o capítulo da novela.

Hoje o Botafogo recebe o Santa Fé. Pensa comigo.

A Sulamericana vale, hoje, bem mais do que já valeu um dia. É a segunda maior competição do continente, dá vaga na Libertadores e nela temos, hoje, 11 forças da América do Sul.

Você pode eliminar o Santa Fé em casa, poupar fora. Ou pode poupar em casa, arriscar precisar do resultado, e escalar os caras a 2500 metros de altitude pra ter que reverter um placar, sem contar a viagem.

Você está a 4 duelos de ida e volta da Libertadores. No Brasileirão você está mais perto ainda. Mas além de vaga, o que é relevante é título. O Botafogo PRECISA ser campeão, e não me parece muito inteligente ignorar uma oportunidade dessas.

Se passar, pega Velez ou Universidad do Chile. Ambos adversários que podem dar um belo público numa noite de Engenhão, mata-mata, valendo semifinal.  Mas, para encarar Atlético GO e Bahia, preferem poupar o time.

Alguém pode me explicar qual motivo que impede que estes caras joguem 2 vezes por semana?

Porque diabos é preciso “poupar” tanto os jogadores de futebol?

E se for pra poupar, neste caso, não seria mais inteligente usar hoje, matar o Santa Fé no ovo ao invés de deixar crescer e ter que encarar um Galo daqui 2 semanas?

Estamos mimando demais…

abs,
RicaPerrone