Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Papo reto – Mengão

Papo reto – Mengão

A nação rubro negra não tem idéia da força que tem. Dizem que todo time tem torcida, e que Corinthians e Flamengo são torcidas que tem um time. Sendo assim, deviam pensar no seu patrimonio e buscar soluções, não colocar mais lenha na fogueira.

Tudo que envolve o Flamengo é multiplicado por 10. A crise e a euforia de uma vitória. A falta de um jogador, um salário atrasado, um titulo ou um quase rebaixamento. O que falta notar é que não adianta prender o revolver. Tem que prender quem atira.

Vamos por etapas.

Ha 15 anos o Flamengo sofre com alguns problemas que já são rotina.

Salario atrasado, falta de grana, falta de estrutura, venda de jovens talentos por preço de banana, etc. Nos últimos anos isso ainda se agravou com mais uma rotina: Derrotas absurdas quando ninguém esperava.

Aí a gente fica assistindo e não entende qualé a lógica da reclamação.

Primeiro: Se existe uma torcida capaz de mudar algo num clube é a do Flamengo. Ela é a maior do mundo, o cartão postal de um país e com força gigantesca nas vitorias do time. Portanto, ela faz muito mais parte do clube do que a maioria dos times. E isso é tão bom quanto ruim.

Ruim porque administração seria não ouve torcedor. E bom porque ela “deveria” ficar em cima e cobrar das pessoas certas.

Só que funciona o lado ruim. O bom, tá estranho.

Será que ha 15 anos o Flamengo não tem time? Será que os ultimos 30 tecnicos eram ruins? Nos últimos 3 anos, onde a base foi mantida, o time é forte, candidato a titulo, não ganha porque? Todos os jogadores são culpados? Trocam elencos e o problema é mantido dentro de campo?

Claro que não!

O que os flamenguistas estão fazendo ao cobrar do time, pela décima vez em 3 anos, é culpar a arma pelo assasinato, nào quem atirou.

Claro que todo time faz umas cagadas. Não conheço um que não tome umas cacetadas sem explicação. Mas o Flamengo tem passado do aceitável. São 3 anos perdendo quando não podia, e nem precisava, perder.

Adianta agora ir la xingar o Juan? O Bruno? O Leo? Claro que não! Eles vão sair e virão outros, como nos ultimos 15 anos, passar pelos mesmos problemas e ouvirem as mesmas vaias.

Não tem lógica imaginar que dezenas de jogadores brilham e conquistam titulos fora e no Flamengo vivem problemas. A lógica é simples: O problema tá no Flamengo, não nos caras.

Eles tem culpa? Sim!

Mas adianta bater de novo na consequencia?

Que tal, uma vez, virar com força as criticas e as cobranças pra quem causa tudo isso?

Porque os dirigentes do Flamengo se perpetuam no poder, sempre devem, sempre fazem administrações ruins, e nunca caem?

Que conselho é esse que reelege e critica?

Neste caso, devo dizer que a torcida do Corinthians (tirando os atos violentos) foi no alvo certo um dia. Derrubaram um presidente e melhoraram muito a situação do clube. Pararam de cometer erros de ir bater em jogador, ir no treino ameaçar e foram no alvo certo:  Quem comanda.

Se hoje não é um paraiso, e não é, pelo menos funciona melhor e sabem que a fiscalização é mais pesada.

Acha que alguem é idiota de achar que algum clube é formado por dirigentes honestos? Eu vivo nesse meio e pra piorar ainda sou empresario (nao de jogador). Ja vi negociações com clubes, direta e indiretamente.  Mas nas vezes que negociei, sai com nojo do que vi. É tudo no esquema, a grana entra pelos fundos, muita gente leva muito dinheiro que era pra ser do time e não do sujeito.

Ou alguem ai acha que o sujeito ganha 50 mil la na empresa dele e passa o dia no clube como diretor nao remunerado pra ganhar nada? Fala serio vai… amor tem limite.

Não me refiro a Kleber Leite, Marcio Braga, etc. Me refiro ao todo. O formato é complicado de engolir. Todos questionam os que comandam, e todos reelegem. É igualzinho a mania de falar mal do Ricardo Teixeira. Todo mundo enfia o pau, mas ninguem vai la cobrar do SEU TIME a reeleição do cara. Ou seja, ou é tudo farinha do mesmo saco, ou o cara é competente. Porque não há logica na reeleição eterna de alguem incompetente. Conc0rda?

Se a torcida for encher o saco do time, vai dar murro em ponta de faca. Ele vai reagir, ganhar 3, o Maracanã vai lotar, a midia vai falar e… daqui 5 meses, quando for resolver o campeonato, meio time foi vendido pra tapar buraco, os que ficaram não recebem, as condições se trabalho seguem toscas e ai vem um SPFC da vida e leva. Ou qualquer outro time que tenha salarios em dia e um pingo mais de organização.

Qualquer pastel sabe. O time é bom, ha 3 anos é bom. Levou uma Copa do Brasil, 3 cariocas. Mas poderia sim ter levado um brasileiro e ido alem numa Libertadores. Não foi porque não tem comando.

E muitos torcedores seguem batendo nos comandados, pedindo as armas que não disparem, e nào aos reais portadores delas.

Eu nunca escondi o que acho do Flamengo e da torcida. Sou um sãopaulino que não uso a camisa do clube pra gostar de futebol. E adoro o Flamengo, tenho enorme simpatia e admiração pelo time que me fez ver futebol alem do Morumbi. Graças a geração Zico eu me interessei por outros clubes, caso contrario não seria jornalista mas sim um lider de torcida organizada.

Devo a torcida do Flamengo o fato de, desde cedo, ter aprendido a respeitar uma torcida que nào fosse a minha. De achar beleza num rival, e então, passar a ver futebol como um todo.

Até hoje, quando vejo o Maracanã lotado, acho a coisa mais linda do futebol. Acho mesmo a torcida do Flamengo a mais incrivel do planeta, e nào tenho a menor viadagem em dizer isso, mesmo apanhando de tudo que é sãopaulino que acha que eu devia TORCER e não trabalhar no blog.

Mas, de novo, acho que tá na hora do alvo mudar. Só a torcida do Flamengo vai reverter isso, tendo em vista que o conselho reelege os mesmos ha 20 anos, ou seja, não estão interessados em mudar nada do que está la.

Portanto, se é uma torcida que tem um time, tá na hora de dar um show fora das arquibancadas e protestar com inteligencia, até que isso mude.

A forma de fazer isso? Não cabe a mim.  Athurzão do Urublog, torcedores famosos e donos de facções que pensem nisso.

Mas não adianta reclamar do Juan. Daqui 3 anos será o Joãozinho e estarão, como sempre, cobrando dele uma derrota impossivel. E não de quem não lhe deu condições de treino, salario em dia e sequer um comando coerente.

Porque é só no Flamengo que 4 pessoas tem 4 versões diferentes sobre a falta de um jogador ao treino.

E, por outro lado, é a torcida que sustenta o Flamengo em 100%. Ele tem midia por causa da torcida, tem receita por causa dela e só vendeu a marca esportiva por 21 milhões porque um estudo mostrou que o clube da Gávea tem 40% a mais de exposição de mídia do que o atual campeão brasileiro.

Ou seja, é um amor e uma grandeza incondicional. Não depende do resultado, é grande por si só.

E jogar isso fora é um crime contra o futebol brasileiro e a história do Flamengo.

Parem de brigar com o revolver. Briguem com quem atirou.

abs,
RicaPerrone