Home » + Chamada » Os erros do Fluminense

Os erros do Fluminense

Muito se fala sobre política quando qualquer clube entra em crise. Eu não gosto de levar isso ao torcedor e tento o máximo possível evitar esse tipo de assunto. Quanto a crise do Flu, de candidato a título pra brigar pra não cair, é óbvio que muita coisa deu errada.

1- Treinadores inexpressivos
Uma coisa é uma novidade como Roger do Grêmio. Outra coisa é um cara com 20 anos de carreira e nenhum resultado. A escolha do Ricardo foi um erro grotesco. A diretoria deveria sim ter tentado entender a lógica por trás dos insucessos dele antes de arriscar.

Enderson não é uma aposta tão antiga, mas também não é um treinador de grande porte. Até possível apostar nele, nada absurdo. Mas quando se coloca R10, Cicero e soma com mais medalhões de seleção que já estavam no elenco, fica puxado pra um cara assim segurar a crise.  Podia ter caído antes.

2- Ronaldinho Gaúcho
Não é verdade que o grupo tenha se colocado contra a vinda do R10. É fácil agora depois que não deu certo sair falando que era “óbvio que não daria”, porque embora o risco fosse alto, acho que o grande erro não foi a contratação mas sim a conotação.  Ronaldinho tinha que vir pra colocar o Flu no mapa. Jogar 15 minutos, mandar os lances dele pro mundo todo passar na tv, uma ação de marketing.  Ele não só não foi entendido dessa forma como estreou titular e por 90 minutos.

3- Consequência tática
Com as entradas de R10 e/ou Cícero no time o Fluminense perdeu o meio de campo. Jean e Edson não tinham mais folego pra ir e voltar preenchendo o buraco central que os times brasileiros insistem em criar com a maldita tática obrigatória dos 2 caras abertos.  O Fluminense virou um time óbvio, fácil de marcar e que cansava antes da hora.

4- Diretoria
Errou.  Cometeu erros ao vislumbrar o título quando tinham time pra G4 e acabaram tropeçando na tentativa de ir além. É inegável que houve um erro.  Na tentativa ousada de acertar, arriscaram mais do que deveriam e o time se afundou numa bola de neve.  Mas eu não vou ser injusto de dizer que a diretoria que até o dia do anuncio do R10 era “pica” por manter em 6 meses um time “falido” pós Unimed para um G4 e dizer que agora são todos imbecis.

Erraram. Mário, Simone, Peter, todos.  Como acertaram em diversas outras decisões. Nem era pra coloca-los no patamar de ídolos como alguns colocavam, nem agora na condição de inimigos do clube.

5- A torcida
Não tira da reta, não. Se tem uma torcida que fez um papelão nesse campeonato foi a do Fluminense ao não comparecer nem pra ver o time no G4 jogando contra vice líder no Maracanã.  Em momento algum o Fluminense conseguiu retorno com seus investimentos para manter um time forte e competitivo.  Talvez o R10 não fosse tão interessante aos olhos da diretoria se o estádio estivesse cheio pelo simples fato do time estar bem.

6- A fase
A forma que o Fluminense tenta retomar o lugar é confusa. Gosto do treinador novo, é uma boa aposta, mas não basta.  Algo impactante precisa ser feito para que o time saia dessa rotina de perder/explicar/treinar/perder/explicar .  Um afastamento, uma multa, uma mexida mais pesada.  O Fluminense tem time pra jogar em alto nível e, mesmo no G4, não jogou. Esse time deve futebol.

7- A imprensa se lambuzando
Você sabe o que penso da maioria dos meus colegas e da forma que se cobre futebol no Brasil.  Então não é surpresa pra você encontrar aqui um breve relato do que está acontecendo: O torcedor do Flu não fechou com esse time.  A imprensa decretou o fim do Fluminense em janeiro e teve que aturar a manutenção de Fred, etc  e mais um G4.  Hoje, muitos dos que quebraram a cara estão usando a crise para transformar tudo num inferno. E você, tricolor, está engolindo todo esse rancor contra o clube ao invés de pondera-lo.

Amanhã é dia de estar no Maracanã e virar o jogo. Sábado, idem. Ou você ajuda ou não atrapalha.  Se a enorme maioria dos torcedores do Flu até agora em 2015, convenhamos, não fez nada pra ajudar… então acho justo que não atrapalhem agora.

Como sempre digo em momentos de crise, ou você empurra pra cima ou assiste cair da sua casa chamando seu time de “eles” pra quando ganhar usar o “nós” novamente.

abs,
RicaPerrone

Comentários