Home » + Chamada » Os pontos relevantes do que disse Luxemburgo

Os pontos relevantes do que disse Luxemburgo

Acompanhei atentamente a coletiva do Luxemburgo nesta manhã. Dos mil e duzentos motivos pra se discutir toda essa história, alguns pontos são bem interessantes de se levantar.

E ao contrário de muitos, acho que tanto menosprezar o treinador quanto fazer da diretoria chacota é burrice. Há um meio termo.

– Coerência
Você não pode ser profissional se não consultar seus profissionais da área antes de tomar grandes decisões. Ou você tem um profissional que não confia, ou você acha que não precisa dele. Nos dois casos a diretoria do Flamengo está errada.

– Promessa
Não é correto segurar um profissional 20 dias atrás e prometer a ele que ele faz parte de um projeto para 2016 e manda-lo embora 20 dias depois. É incoerente, mostra falta de rumo e entendimento da diretoria.

– CT e futebol
Pedido justo e repetido do Luxemburgo. A diretoria do Flamengo hoje administra dinheiro, não futebol. Mas o Flamengo é um clube de futebol, queiram ou não. O trabalho é brilhante numa planilha, e merece todos os aplausos.  Mas em campo, na troca de comando, de rumos e na falta de direção, é rigorosamente a mesma coisa que em outros tempos. O Flamengo não sabe o que quer pro futebol.

–  Reforços
Dar os reforços prometidos ha 6 meses nas mãos de um novo treinador 10 dias depois de demitir o que estava também é algo que deturpará a analise.

– Cansado
Vanderlei é um treinador consagrado, incontestável em sua carreira e qualquer comentário que parta de desvaloriza-lo como profissional perde o sentido.  Mas em atrito constante com a imprensa, desgastado e sem resultados recentes, é mais um que como o Felipão devia ir pra casa e brincar com os milhões que conquistou merecidamente.  O peso de cada erro do Luxemburgo é sempre multiplicado por 2. As pessoas da mídia não gostam dele. Insinuam e não provam nada sobre ele há 20 anos, o que mostra ou preguiça de apurar, ou falta de caráter ao insinuar.

De tudo isso, o Luxemburgo sai do Flamengo tendo feito um bom trabalho em 2014. Algo razoável em 2015. Nada demais.  O Flamengo volta a trocar de treinador mostrando mais uma vez que não confia no projeto que ele mesmo traça pro futebol.

Já foram vários. Não há direção. No departamento futebol o Flamengo ainda é um clube amador. O que não desmerece os incríveis resultados fora de campo.

abs,
RicaPerrone

Comentários