Home » Futebol » Os gados da bola

Os gados da bola

anotandohy0ry7140cz5rx0_optCada dia que passa eu fico mais assustado com o futebol. Ja me desapaixonei por um time, já me decepcionei com outros tantos, já sabia que aconteceria, mas… “Saber que é corno é uma coisa, ver sua mulher na cama com outro é bem diferente”.

Futebol é um meio nojento. Não porque “compram jogos”, como alguns acham. Mas porque nada é claro, nada é objetivo e direto. Tudo passa por “alguem que indica”, “alguem que manda”, ou algum favor que se faz.

Pela “sorte” que tenho de não ser apenas jornalista, acabo vendo coisas diferentes. Conheço empresários, jogadores, dirigentes, como qualquer jornalista. Mas, as vezes, vejo negociações. E quando as vejo, seja de jogador ou qualquer outra coisa, tenho vontade de vomitar.

Mas, atualmente, nesta epoca de transferencias, o que me assuta é o nivel de imbecilidade de alguns jogadores.

O sujeito assina com empresário e vira gado. E pior: Vira porque quer!!!

“Com quem você está negociando?”, voce pergunta.

– Não sei… meu empresário que sabe. Ele diz.

E você quer ir pra esse time?

Não sei.

Mas você sabe as cores do time?

Não.

Você sabe onde fica o país?

Não.

E você conversou com este time?

Não.

Assina aqui!

Dãããããããã….

Ou seja, o pastelão vai passar 3 anos da vida dele num novo pais, um novo clube, uma nova cultura, mas não sabe picas. Não decidiu picas. Só ouviu e concordou.

É gado. Quem é vendido assim é gado.

Aí tem reunião pra decidir o futuro do sujeito. Ele não vai!!!

Quem vai é o empresário, e ele sõ recebe o telefonema dizendo que “foi pro time X”.

Ou pior,  e muito comum, é quando dois clubes confirmam a negociação do jogador e ele te conta que “ninguem falou com ele”. Ou seja, não importa o tratamento, o projeto, como será, onde fica, o que pretendo. Eu vou e pronto. Porque o engravatado me mandou ir.

Gado!!!

Essa época me dá nojo.

Empresário que telefona pedindo pra ajudar a divulgar jogador, jogador que pede pra lançar boato, outros que PEDEM entrevista pra aparecer, e amanhã nem te olham na cara porque já apareceram.

Ou pior.

Jogador que sai do clube, viaja, chega no novo time e liga pro empresario dizendo: “Nao gostei. Quero voltar”.

Ah, filhote… nao gostou? Quer que titia vai buscar?

Aprende a ir na reunião, ouvir a oferta, as condições, o projeto, onde você vai morar, o que você vai fazer, o que o treinador acha, qual o clima do lugar. Ai voce reclama.

Bando de mimados.

Empresário não é bandido, repito.

Bandido é o clube que PERMITE que estes sejam obrigatorios para que joguem em seu clube.

E burro é o jogador, que não tem a curiosidade de saber pra onde vai em troca de alguns dolares.

Por isso voltam, correndo, chorando, se desvalorizando e culpando “o treinador” do time em que estavam.

E tem muito empresário vendendo “patinho” a preço de Alcatra por ai…

E tonto pagando, o que é pior.

abs,
RicaPerrone