Home » Futebol » Seleção » O time que “quase” não perdeu em 2014

O time que “quase” não perdeu em 2014

Acabou o  ano mais esperado, frustrante e inesquecível da história da nossa seleção.  Entramos favoritos, chegamos favoritos, perdemos como um time de juniores, retomamos rapidamente e ganhamos todos os jogos, inclusive dos vice campeões do mundo que jogaram menos do que nós a Copa toda.

Com caras novas, mais de meio time da Copa e um esquema tático idêntico, o Brasil prova que houve um descontrole emocional na Copa do Mundo muito acima de qualquer questão técnica e tática.

Era isso, com o Oscar e o Hulk trocando. Hoje troca com William, mas não mudou a formação, menos ainda o desenho do time.

foto-1-650x432

Mudam algumas peças e na verdade o que temos em campo é um time menos pesado, com muito menos pressão e com o controle emocional do que deve fazer.

Tem uma mudança na compactação da defesa com o meio, mas num geral é o time da Copa. Os resultados pré-Copa.

O 7×1, que foi um surto emocional após o segundo gol, para muita gente é reflexo disso ou daquilo. Bobagem.  Um time com 19 “europeus” e um treinador há 10 anos atuando lá não reflete porra nenhuma do que é feito aqui em nosso futebol.

Foi um apagão. Não haverá outro.

Bola pra frente. E de preferência no Neymar.

abs,
RicaPerrone

Comentários