Home » Futebol » O Santos e o último ato

O Santos e o último ato

O Santos pode, neste domingo, não apenas dar um passo enorme para conquistar o Paulistão como pode, também, fazer história. Talvez, caso os clubes tenham peito para manter o que sugerem em reuniões de bastidores, este seja o último campeonato paulista disputado.

O movimento dos grandes para acabar com a palhaçadinha é grande. E o Santos pode sim ser o último campeão paulista da história.

Aliás, faço votos para que seja.

Notável como o “time da moda” sumiu das manchetes esta semana. Fica meio claro como o estadual perdeu a importancia e como só era tratado com destaques pois os confrontos envolviam 2 grandes.

Hoje, valendo titulo, pouco se fala na final em relação a meros jogos finais de fase de grupo da Libertadores.

É mais uma prova de que não tem espaço pra se jogar campeonatos contra times pequenos, ainda mais com tanto investimento.

Abre-se mão do mando de campo, até, em virtude de uma grana extra. Outro dia o titulo seria mais relevante do que uns trocados, mas neste caso não é.

O rival é pífio, não há gozação, rivalidade e nem tensão pro jogo.

Se não der Santos, é zebra e das grossas.

Se der, legal. Se não der, só vai servir pra chamar os meninos de pipoqueiros.

Eis o futebol. Como sempre, avaliado pelo resultado e só.

Campeonato onde vencer é dever e perder é tragédia só serve pra gerar problemas, mais nada.

Chega disso. Que o Santos feche a gloriosa história do Paulistão e que tenha a honra de ser o último.

Já vai tarde.

Tá na hora de crescer.

abs,
RicaPerrone