Home » + Chamada » O River e seu “beco”

O River e seu “beco”

Perto de casa tem um beco escuro onde muita gente já foi assaltada, inclusive eu.  São tantas e é tão comum que quase não se nota mais.  Embora já tenha sido comprovado o crime e até encontrado um dos ladrões, pouca coisa mudou.

Naquele beco ando bem vestido, bem fardado e talvez por isso, mesmo ameaçado, dificilmente me derrubam.

Outra vez, sempre os mesmos, do mesmo jeito. E segue a vida. Afinal, a graça da tal “Libertadores” é ter que passa por becos escuros de madrugada.  É “parte do show”, dizem.

Ganso, o dono do jogo. O irritante sujeito que não é um gênio com a 10 da seleção por preguiça.   E nossos goleiros que são modelos, fazem luzes no cabelo, book na internet, mas que não conseguem passar confiança e agarrar a imortal camisa 1.

O maior erro que o River poderia cometer, além de cometer pênaltis que o juiz não quer dar porque no Monumental time brasileiro é palhaço, era colocar o SPFC na situação de franco atirador.

Um time grande sem responsabilidade se torna um enorme problema. E hoje, pela fase, pelo São Bernardo e pelo atual campeão ser o River, o Tricolor era quase “zebra”.

Não tem zebra com essa camisa. E não fosse os grotescos erros da arbitragem, sairiam de lá com outra vitória, como já fizeram tantas vezes.

O Monumental de Nuñes tem seus fantasminhas.

Somos um dos maiores. “Buuuu!”

abs,
RicaPerrone

Comentários