Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » O melhor do mundo

O melhor do mundo

Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor do mundo.  E de fato, em 2013, foi mesmo.  Na real, sua premiação só serve pra constatar o óbvio. O que ficou de mais interessante foi, de novo, a reação do jogador.

Não porque seja diferente “chorar” quando muito feliz. Mas porque Cristiano é isso aí e gostem ou não, ele é o que é.  Algo que me agrada, mesmo que eu não goste do seu perfil.

Se veste como uma mocinha. Mas sabemos que gosta de se vestir como uma mocinha.

Fala grosso, é arrogante, se acha Deus, faz caras e bocas, olha no telão e peita a torcida rival quando faz um gol decisivo.

Cristiano pode ser tudo, menos um jogador padrão.

Se ouvir Cristiano dando entrevista, sem imagem, saberei quem é. Não saberei se for o Messi.

Aliás, não sabemos nada sobre Messi, por exemplo. Apenas que joga muito.

E dirão que “basta”. E sim, é verdade.

Mas o futebol, como todo entretenimento, é feito de personagens e histórias, não apenas de fatos claros e realistas. Cristiano divide o mundo, gera quem o odeie, quem o adore.

Messi não causa nada em ninguém.

Mas eu não gosto do jeitão do Cristiano Ronaldo. Nem acho que ele jogue um futebol tão absurdo assim.  Acho um craque, sem dúvidas, mas já vi muito mais gente melhor que o Cristiano do que melhor do que o Messi.

No entanto, Cristiano tem um lado Renato Gaúcho.  Sou da turma dos que não adora. Nem odeia.  Acho ele um bobão olhando pro telão se achando lindo e no minuto seguinte acho do cacete ele mandar a torcida calar a boca porque resolveu o jogo.

Cristiano me causa alguma coisa enquanto ser humano.  Messi, não.

Talvez porque Cristiano esteja disposto a errar e acertar, ousar e se expor até ser o melhor do mundo.  Messi é só o melhor do mundo.

Cristiano Ronaldo seria notável mesmo se não jogasse porra nenhuma.  Pra ele, basta um tubo de gel, um pente e um telão pra que todos o percebam.

Adoramos odiar um ídolo. Mais Cristianos.

abs,
RicaPerrone

Comentários