Home » + Chamada » O melancólico fim do Campeonato Carioca

O melancólico fim do Campeonato Carioca

Está cada dia mais claro que o futebol caminha pra uma LIGA entre clubes, o fim dos estaduais e um nacional ano todo, com datas mais razoáveis e espaço para seleções, Copa do Brasil e tudo mais.

É o óbvio do planeta: cada vez mais pedindo resultados, lucro e cada dia menos aceitando o jeitinho, o esquema, o amigo do amigo.

Algumas pessoas ainda não perceberam isso. Como costumo dizer, Deus limitou a inteligência e não fez o mesmo com a burrice, portanto, não podemos condena-los.

Já sem contar com a atenção de Flamengo e Fluminense, o Carioca de 2016 tinha que ser o campeonato mais razoável possível pra tê-los de volta.  Mas a birrinha, a vontade de ajudar o amiguinho e o coronelismo são mais importantes do que o bom resultado.

O regulamento é estranho, mas até que legal. São 2 grupos de 8 que se cruzam. Após 8 rodadas, forma-se um grupo com os 4 primeiros de cada lado e eles jogam entre si. Depois disso semifinal e final.

Inchado, exagerado, cheio de perda de tempo pra times que precisam faturar alto pra manter o nível.  O futebol socialista do Brasil segue brigando com a lógica. Mas neste caso, ao contrário do que insinuam, a CBF não pode fazer nada. Só os clubes podem mudar.

E eis que olhando o regulamento noto uma “camaradagem” adotada em 2016, pra favorecer os “amigos” da FERJ e causar mais uma polêmica enorme sem necessidade.

Puta que me pariu, FERJ, com todo respeito.  Porque diabos vamos ter mais uma vez a briga pelo lado da porra do Maracanã, que note, não é mais um estádio sob administração pública e portanto não cabe a você escolher lado de porra nenhuma?

Porque dar a Botafogo e Vasco o mando dos dois clássicos da primeira fase sendo que são 2 pra cada time, e facilmente seria lógico e justo que cada um mandasse um em casa, um fora?

Porque caralhos vamos prever em regulamento mais polêmicas como um possível Fluminense x Vasco no Maracanã e seu mando de campo inviável?

Eu custo a entender a lógica brasileira de resolver problemas. Quando tudo te empurra pra simplificar, baixar a polêmica e fazer bem feito, eles conseguem piorar em detalhes irrelevantes meramente a troco de mostrar que manda.

Qual o beneficio nesse regulamento? O que temos a ganhar com essas duas regras?  Polêmica, briga, distanciamento de Fla e Flu, problemas com Maracanã e mais enfraquecimento do estadual.

Então, meu charmoso Cariocão, morra em paz. Mas assuma o suicídio.

abs,
RicaPerrone

Comentários