Home » + Chamada » O medo será maior que o problema

O medo será maior que o problema

O Corinthians perdeu a parte ofensiva toda do seu time e ainda tem risco de perder mais gente lá atrás. É óbvio que o “favorito” a Libertadores de 2016 agora se nivela e até pode perder na avaliação prévia de nomes.

Mas se há algo que acredito ter visto no Corinthians em 2015 não era exatamente um brilhantismo dos jogadores.  Havia padrão, coletivo, intensidade e comprometimento.

É óbvio que Renato, Love e Jadson fazem falta a qualquer time.  Mas o que espera-se do Corinthians sem esse trio me parece bem mais pessimista do que de fato acontecerá.

É um palpite. Um mero palpite.

Acho que o trabalho do Tite foi diferenciado por não fazer o Corinthians refém de nenhum talento individual. Acho que o grupo vai conseguir equilibrar os setores com esforço e outras características. Não espero o Corinthians de 2015, mas passo longe de achar que o time será um fiasco.

Aguardemos o estadual e o começo da Libertadores. Mas insisto: O segredo do campeão de 2015 era muito mais coletivo, intensidade, mentalidade e arena do que o brilhantismo individual dos que deixaram o clube.

abs,
RicaPerrone

Comentários