Home » Futebol » Clubes » Flamengo » O grande jogo

O grande jogo

Cuca fez o mais inteligente que podia: Viu quem era o lateral direito do Inter, enfiou o Zé Roberto lá na frente em cima dele,  o Obina pra prender a bola e soltou o Ibson pelo meio.

Se a bola não ficava nos pés do Inter muito tempo, foi por méritos do Flamengo, que soube marcar e que conseguiu, com jogadores de frente, impedir o avanço colorado.

A jogada do Inter é central. Passa pelo bom passe do Magrão (hoje não jogou), Guinazu, Dalessandro, Nilmar e Taison. O Flamengo, cheio de volantes, fechou bem. O Kleber não viria, porque quando vinha o Ibson imediatamente abria nas costas dele.

O Inter, por sua vez, tentou travar os laterais do Flamengo. Só que isso tá virando lenda, porque há algum tempo os dois não estão jogando essa bola toda.  Deixou o Ibson solto, na medida em que o Guinazu subia pra ajudar a armação. O Ibson criou todas as chances do Flamengo.

Tite não esteve bem hoje. O Inter lembrou muito o SPFC. Marcou, se fechou, achou gols e venceu. Mas pode jogar muito mais do que isso com o time que tem. Os laterais do Inter precisam participar mais do ataque, e talvez os volantes precisem se controlar mais e ficar. Assim o jogo fica melhor distribuido.

Mas, enfim, sobre o jogo não tem segredo. O péssimo PC Oliveira deixou de expulsar o Airton e principalmente o Guinazu, que é um verdadeiro cavalo. Tão bom jogador quanto violento. Poderia ser expulso com 30 minutos hoje. Não foi, porque o PC é covarde e bem fraquinho. (Não faz chororô, colorados! Eu acho o Lugano um baita jogador, porem violento. E o Guinazu joga muito, mas enfia carrinho com pé alto até na mãe dele se precisar)

Mas a arbitragem não decidiu o jogo.

Na medida que o Inter ganhou um gol do Juan, tudo mudou.  Armaram o contra-golpe, e o Flamengo tinha que achar o gol, coisa que não sabe fazer.

Mas, misteriosamente, o time fez algo que surpreendeu. Ao invés de enfiar bico na área, parou, esperou e tocou a bola. O grande segredo do Flamengo no jogo foi esse: Não devolver a bola pro Inter fácil.

E assim, esperando e tocando com calma, achou um lance na direita e empatou.

Voltou, perdeu Emerson, o Obina sem velocidade não conseguia mais dar opção. E aí o Mengão errou ao não tentar o segundo gol. Voltou inteiro e se sujeitou a só se defender. Sou contra isso…

Um dia eu vou ver um técnico macho de fazer 1×0 e quando o rival vier, ao invés de meter um beque meter um atacante, prendendo o time deles atrás ou, se vierem, fazendo o segundo. Um dia… quem sabe?

Hoje não, até porque já tinha feito as mudanças.

O detalhe foi pro lado do Inter, que teve uma falta e resolveu.

Hoje o Cuca foi muito bem, o Tite nem tanto. Afunilou demais o jogo. 

De qualquer forma, um grande jogo!

abs,
RicaPerrone