Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » O futebol venceu (EUA 2×2 Portugal)

O futebol venceu (EUA 2×2 Portugal)

Os EUA são um país bastante complicado de entender. Mas, do jeito deles, funciona. E se funciona, há que se respeitar.

Por toda a história notamos que norte-americanos não suportam perder. Ou eles são o centro do mundo, ou ignoram o tema. Futebol, onde nunca conseguiram destaque, sempre foi desprezado por lá.

Nada entra naquele país se puder diminuir os EUA, mesmo que esportivamente.  E como não tem saída, vivem os esportes deles e acham que o campeão é sempre o “campeão mundial”.

Futebol Americano, Basquete, Baseball, até mesmo as corridas que assistem são entre eles. A Nascar.

Quando um ET invade o mundo, invade Nova York.  Quando negociam num filme qualquer se vão ou não destruir a terra, é sempre com o presidente dos EUA. E por tudo isso acho que não é um exagero dizer que eles se acham um pouco “donos do mundo”.

Claro que não são. Mas cuidam do rótulo como poucos.

Por décadas resistiram ao único apelo mundial que não podiam suportar. Até que veio a Copa em 94, a internet, a globalização e mesmo assim seguraram até onde puderam.  Me lembro estar lá na semana do Santos x Barcelona e não achar uma linha nos jornais e nem uma citação na tv.  Mas o futebol é invencível.

Em 2010, quando eles conseguiram a vaga no finalzinho de um jogo, o país começou a se entregar.  Prontos para 2014, com um caminho interessante até então e finalmente uma liga nacional, foram os que mais compraram ingressos pra Copa após os brasileiros.

E aqui, onde eram coadjuvantes, foram se fazendo protagonistas mais uma vez.  Jogam sério, bem, até bonito.  E lá, onde ninguém aceitava nada de fora, o futebol entrou metendo o pé na porta e desmontando um dos mais sólidos sistemas de alienação do planeta.

Norte-americanos, este é o futebol! Acreditem! Te pouparam disso por todos estes anos e nós, mortais do resto do mundo, não estavamos malucos.

Malucos estão vocês agora. Bem na Copa, ganhando jogos, enlouquecidos com o “novo esporte” e colocando a tv que tem os direitos da Copa em primeiro lugar na audiência.

Os EUA não se permite vulnerável.  Sempre se postam como inabaláveis, indestrutíveis, intocáveis. E o futebol não dá essa condição a ninguém, nem mesmo a nós brasileiros.

Hoje, com virada de cá e sofrimento no fim,  novamente tomaram os bares e ruas para seguir um ritual mundial há muito tempo conhecido: O futebol.

Sem bem-vindos, norte-americanos!  Nós sempre soubemos que era questão de tempo.

EUA se rendem ao futebol from Rica Perrone on Vimeo.

abs,
RicaPerrone

Comentários