Home » Futebol » Clubes » Fluminense » O começo da “era Muricy”

O começo da “era Muricy”

No começo era tudo embalo do que vinha sendo feito. Após 40 dias de pausa, o Fluzão volta com a cara do seu treinador. Sentindo dificuldades quando tem que agredir, sentindo-se em casa quando tem que se defender.

E assim, na Vila, conseguiu 3 pontos que nem de longe fez por merecer. Em 90 minutos o Fluminense se postou para defender e mais nada. Quando tinha a bola, ligação direta ou cruzamento.

O Santos jogou boa partida, criou, tentou, pressionou, correu. Mas, hoje não entrou. É duro fazer gol no time do Muricy, temos que reconhecer. Arma um sistema defensivo muito bem, pena que pra isso abra mão de jogar bola.

A vitória é injusta? Não sendo no apito, não dá pra ser. O Flu fez, o Santos não, tudo normal.

O problema é que o resultado não reflete em nada o que foi feito em campo, e isso causa ilusões.

O Peixe sentiu alguns problemas pra finalizar. Só.

O Fluminense marcou forte, só.

Nessa, uma bola achada e muito bem colocada no contra-ataque mataria o jogo. Méritos do Flu, que entrou em campo pra isso. Azar do Santos, que tentou fazer algo mais.

Não gosto, nunca gostei, há 4 anos critico e continuarei questionando. Time grande não pode ter por filosofia de jogo ficar na defesa e achar gols.

Se o Fluzão voltará assim por escolha ou se hoje foi acaso, só o tempo dirá.

Mas, pela experiência com o professor, apostaria que é isso a partir de agora.

Dá resultado. Pode ficar tranquilo que dá. A Copa está ai pra provar isso, assim como outros diversos campeões recentes que pouco jogaram.

Se agrada ou não ao torcedor, vai do critério de cada um.

A mim, não agrada. E acho que o Flu tem time pra se postar a frente e jogar de igual pra igual.

Muricy, provavelmente, não acha.

Azar da bola, que pune, as vezes, quem não merece.

abs,
RicaPerrone