Home » + Chamada » Nossa majestade Viviane

Nossa majestade Viviane

Eu costumo dizer que existe um mundo virtual onde todo mundo acha que o que é dito ali representa a verdade da opinião pública e outro, real, onde ninguém registra o que pensa, apenas reage aos fatos.

Viviane Araújo é o ser humano mais real da Sapucaí. E não me refiro a sua personalidade, a mulher que ela é em casa, nada disso. Sequer a conheço.

Mas o povo não olha pra mulher nenhuma naquela avenida como olha pra rainha do Salgueiro.  Ela não é a mais bonita, não é a mais famosa, nem mesmo a mais gostosona das atuais. Minha Mocidade por exemplo tinha Anitta e Claudia Leitte, duas personalidades adoradas pelo público.

Mas é a passarela é da Viviane. Porque? Porque é natural dela estar ali. Não há esforço, ouso dizer que nem tensão. Vivi se diverte, samba, sorri, toca tamborim e é tão parte daquilo que rebola conforme cada paradinha da bateria.  Porque pediram? Não, claro que não! Porque ela sabe a paradinha.

Me encanta ver como as pessoas do setor 13 (popular) adoram pessoas que passam pelos setores de camarotes e arquibancadas turísticas sem tanto glamour.

O cargo de rainha de bateria é uma bola de basquete jogada no peito de um jogador de futebol. A enorme maioria cai pra trás, domina errado, sorri sem graça e nunca mais volta. A minoria domina aquela bola e fica com ela.

Viviane é o Pelé das rainhas. Porque é rainha pro Salgueiro, depois pro povo, e só por último pra televisão e pras redes sociais.

Salve a malandra batuqueira do salgueiro!

abs,
RicaPerrone

Comentários