Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Nem tanto, Nação

Nem tanto, Nação

O Flamengo tem hoje 2 cenários na sua frente. O de ficar fora da Libertadores e do Carioca, e o de ir a final do carioca e passar de fase na Libertadores. Um meio termo só seria aceito no caso da vaga na competição continental. O estadual não apagaria a eliminação na Libertadores, já o contrário, sem dúvida.

A torcida teve verdadeiro ataque de revolta ontem, quando viu o Flamengo jogar muito mal e perder um jogo importante. Agora, pela manhã, onde todos já devem ter se acalmado, vamos aos fatos:

O Flamengo 2010 perdeu 3 jogos apenas. Dois deles na Libertadores, ambos contra times que não são ridículos e que em casa sempre foram fortes. O outro numa semifinal pro Botafogo.

Venceu Vasco, Fluminense e todo o resto no estadual. Na Libertadores, tinha tudo nas mãos até tomar um gol idiota no Maracanã semana passada. O Flamengo se complicou naquele lance, não ontem.

Repito: Não é anormal perder pra Católica e pra Universidad fora. O anormal é jogar como jogou ontem, aí sim.

Mas, independente da atuação em si, que só pode melhorar, pois se piorar o time não ganha nem coletivo, a situação é a seguinte:

2×0 contra o Caracas resolve. E assim sendo, dá pra dizer que o Flamengo tem uma mão e meia na vaga. Ainda que os resultados de hoje possam alterar um pouco isso, na pior das hipoteses um 3×0 resolve.

Amanhã, se vencer o Bota e fizer os 2×0 no Caracas, o Flamengo volta a ser o super-Flamengo. Futebol, infelizmente, é só analisado pelo resultado, o que é uma burrice sem tamanho, porém, já natural.

E neste momento, onde podemos concluir que o único vacilo do Flamengo foi tomar aquele gol idiota na quinta passada, acho que é melhor ponderar as coisas.

O time é bom? É.

Pipoqueiro? Não. E torcida nenhuma pode mudar de idéia tão rápido sobre os mesmos jogadores. Há 4 meses, eram guerreiros. Portanto, ainda são.

O Andrade é burro? Não.

O Flamengo ganha alguma coisa na molezinha? Raramente.

Estão acostumados, portanto, com o perrengue? Sim, e muito.

Você, torcedor do Flamengo, tem 2 opções:

1- Agir como um torcedor qualquer e, diante do que vem jogando, criticar e não ir ao jogo.

2- Agir como flamenguista, a torcida mais famosa do mundo exatamente por isso, e encher o estádio apoiando até o fim, quando, se perder, vai descarregar sua raiva sobre o time. E se ganhar, vai se sentir, de novo, parte da vitória.

Flamenguista não desiste. Flamenguista não abandona. Essa fama foi feita através de 100 anos de história, o mundo todo conhece e ninguém de bom senso discute a torcida do Flamengo.

Pois bem, o Flamengo precisa de reforços! E qual é o maior reforço do Flamengo ao longo dos tempos?

Você.

Este drama todo vira paraíso em 2 jogos. Vocês sabem disso tanto quanto o time. Portanto…

Só para registro aos mais afoitos, em 2007 o Boca classificou com 10 pontos.

Em 2008 a LDU classificou com 10 pontos.

Em 2009 o Estudiantes classificou com 10 pontos.

Alguma coincidencia?

Nada está perdido. Absolutamente nada.

Além do mais, o recente tricampeão brasileiro está ai pra mostrar que a Libertadores não é o começo e o fim do mundo, como muitos acham que é. O SPFC jogou 3 libertadores ridiculas nos ultimos 3 anos, com atuações grotescas, se arrastando até cair, e em seguida ganhou o nacional até com folga.

Campeonato bom é assim: Se resolve no mata-mata. E ao chegar lá, é tudo igual pra todos. Portanto, uma vitória coloca o FLamengo igualmente na briga com todos os outros classificados.

Mas não se esqueçam: O Flamengo só é o Flamengo pelo mito do Maracanã lotado com sua torcida. Sem isso, o Flamengo é apenas um grande clube, como outros tantos.

Joga junto agora, ou perde de cativa em casa. A maioria das torcidas escolhe a segunda opção.

Escolha a sua.

abs,
RicaPerrone