Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Não punam o Adriano

Não punam o Adriano

Sim, ele faltou de novo. Desta vez, mais preocupante ainda (até a hora do post), ninguém acha o cara. Não houve justificativa. Salvo a possibilidade de haver uma desculpa convincente e incomum, torcedores e imprensa cairão matando exigindo uma punição ao jogador.

Eu seria menos convencional. Partiria para o bom uso da falta, digamos assim.

Pode-se tirar salário do cara, pode suspender, pode mandar embora, e nada muito além disso. Afinal, o cara tem mercado e sabe, infelizmente, que pode fazer o que quiser e amanhã cedo acerta com outro pra ganhar a mesma bala no fim do mes.

Então, sugiro algo que já vi acontecer nos bastidores de outros clubes na década de 80, quando o “craque” do time não treinava, faltava, sumia, etc.

Chega no Adriano e faz o simples: “Você é o cara? Quer privilegios? Ok”

“Ta multado em 50% do salário pela falta. Se fizer 1 gol na quarta, 25%. Se fizer 2, fica perdoado. És o cara? Então resolve”.

Pronto. Joga nas costas dele uma punição atrelada ao beneficio do clube.

Adianta punir o Adriano e junto com isso punir o time, que entraria com Mezenga ou Denis Marques? Não, não adianta.

O Flamengo precisa do cara? Em tese, precisa. Ainda mais a curto prazo desse jeito.

Então, ao invés do basicão, dá a chance do cara trocar a punição pelo vaga.

Privilegios todo fora de série tem. É a vida. Mas, desde que se mantenha fora de série.

abs,
RicaPerrone