Home » + Chamada » Na conta do treinador

Na conta do treinador

Diego Aguirre é o cara que tinha data marcada para ser demitido, venceu de goleada uma partida fora de casa e acertou o time do Inter.

Desde então o treinador conseguiu mostrar que tinha um plano e que ele funciona. Sem mais pressão, passou pelo Galo em dois grandes jogos e foi a Colômbia enfrentar o Santa Fé.

Ontem, especificamente ontem, o Aguirre teve uma noite de juvenil.

Qualquer pessoa que já tenha visto um jogo de Libertadores sabe o que são os primeiros 15 minutos e os últimos 10 se você aceitar a pressão adversária.  Eles te empurram pra trás, jogam bola na área ate achar alguém que empurre pro gol.

Aguirre tirou um atacante e um meia pra colocar um volante e um zagueiro, com um 0 a 0 no placar, seu time tendo espaço no contra-ataque, e sabendo que transformaria um jogo difícil num ataque x defesa por 10 minutos finais.

Parecia roteiro adaptado. Você sabe o que vai acontecer, todo mundo sabe.  O Inter perdeu poder de contra-ataque, liberou mais gente do Santa Fé pra ir pra cima e tomou o gol no final.

Nada irreversível. O jogo mesmo permitiu uma vitória do Inter ou do Santa Fé. Os dois tiveram chances, embora o Inter tivesse chutado 3 bolas no gol e o Santa Fé 13.

Aguirre escolheu o sufoco e o risco de tomar o gol. Tomou. Será cobrado justamente por isso.

Mas dá pra reverter. Não com facilidade, pois o time colombiano não é uma galinha morta. Mas dá. O Inter tem hoje o melhor elenco da Libertadores. O que não quer dizer que vai saber o que fazer com isso.

abs,
RicaPerrone

Comentários