Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Mudo, um poeta

Mudo, um poeta

Leão tem sido elogiado há uns 2 meses por ter “mudado seu jeito arrogante” e falado “menos besteira”.  Eu não entrei nessa porque nunca vi ego encolher.

Leão estava na dele, sem ser questionado, por isso, calado. E calado, sabemos, é um poeta.

Começou a perder, o time começa a ser cobrado, seu preparador físico idem e imediatamente Leão sai atirando.

É  a grande e quase infalível tática dos mediocres. Eles agridem como defesa, não por ter motivos para agredir.

O técnico acusou a CBF, pois sabe que trabalha num clube onde qualquer palavra dita contra a entidade é aceita pela torcida. É como falar mal da imprensa no Palmeiras, molezinha.

Disse que não atenderam ao pedido do clube, até ouvir, minutos depois, declaração da diretoria que “não havia feito pedido” . E então, quando era pra se desculpar, piora.

Diz que “tem fontes”, banca sua história sem provas e causa mais um atrito entre clube/cbf.

Genial! Pois é tudo que ele e o clube querem para se blindar de fracassos. É só dizer pro torcedor, como após a eleição do clube dos 13: “Viu… batemos de frente, nao ganhamos mais nada”.

E há quem acredite. Talvez os mesmos que acham um absurdo o Andres ser da CBF e não acham o mesmo do presidente do SPFC em 92 ser padrinho do filho(ou de casamento, sei la) do presidente da Conmebol no bi da Libertadores.

E não é. Pois relacionamento não implica em coisa errada.

Mas quando convém, é sempre “óbvio”.

O óbvio aí é que Leão é Leão, nada mudou. Ao ver as coisas piorando e algumas criticas surgirem, liga-se o ventilador de absurdos e paulada pra todo lado, afinal, ele não erra.

E não erra mesmo. Erra quem o contrata, quem atrela a imagem de um clube a do sujeito mais detestado no futebol.

E desta vez, me perdoe Nelson, a unanimidade não me parece burra.

A desculpa para perder o clássico está dada. Se ganhar, “contra tudo e contra todos”. Se perder, é a CBF.

Era tudo que ele queria fazer, e fez.

abs,
RicaPerrone