Home » Diversos » Carnaval » Minhas campeãs

Minhas campeãs


Devo começar dizendo que não vi a Vila inteira. Precisei sair antes e vi 30% apenas. Então, sobre a Vila, possível campeã, minha avaliação ficou prejudicada.

Bom explicar também aos milhares de “entendidos”  de carnaval só em fevereiro que no sambódromo você vê uma coisa, na tv outra. E no setor que estou vejo uma coisa, em outros setores vemos outra. Por isso temos jurados em vários pontos. Estive no 11, recuo da bateria, parte final do desfile.

O carro da Mocidade “bateu” na minha frente. Para vocês saberem onde estive. Logo, se houve uma correria ou um erro grotesco no começo do desfile de alguém, não vi. E é isso que no final sempre diferencia a nota dos jurados das pessoas que foram lá ver.

Mas, enfim.

Renascer de Jacarepagua – Não tinhamos muita expectativa e se confirmou. Enredo pouco popular, escola menos ainda. Fez um desfile bacana, mas deve brigar pra não cair e deve cair.

Portela – Enfim, Portela! Fazia tempo que não aparecia, resolveu aparecer com um samba espetacular e um desfile muito bom. Não acho que tecnicamente e nem em relação a fantasias e alegorias seja igual outras favoritas. Mas fez um desfile pro povo e só por isso merece voltar sábado já.

Imperatriz – Bom samba, enredo meio repetido, mas tinha até material pra um bom desfile. Só que deu tudo errado. Buraco, correria, carro quebrado… Sei não.  Pode ser uma apuração tensa pro pessoal da Imperatriz. Mas, sinceramente, se cair, talvez sirva pra mudar algo que a escola parar de fazer carnaval frígido.

Mocidade – Sou suspeito, mas a propria avaliação da tv não nega. Fizemos um puta desfile legal, com um enredo nada popular, um samba poetico mas também de refrão comum e saimos com gritos de “é campeã”. Se a evolução perder pouco ponto pelo problema no abre alas, disputa até titulo. Mas de qualquer forma, voltar sábado é o mínimo pelo que foi apresentado.

Porto da Pedra – Escola com dinheiro, desfile com algum luxo mas…. Iogurte?  É uma auto-complicada responsa.  Qualé a possibilidade deste enredo dar um desfile muito bom? Então… briga lá atrás também.

Beija-Flor – Dez! Ops, não, calma.  Desfile técnico, chato,  escuro, muito longe do que esperávamos para ver São Luis do Maranhão. Se o enredo fosse Piratas do Caribe tava ótimo. Não era, então… ficou estranho.  Não gostei. Deve voltar pelo luxo.

Vila Isabel – Como disse, vi o começo só. E pelo que vi, a melhor comissão de frente do carnaval.  De resto não posso avaliar.

Sào Clemente – Carnaval de fato, com enredo nobre, porém, que ficou divertido e simples na avenida. Os caras são demais! Mantém a raiz da escola e a irreverência tradicional ao invés de babar pra jurado. Merece voltar nas campeãs! Pro povo, pra brincar, pra se divertir, o melhor desfile do ano.

Ilha – Longe de 2011 onde pegou fogo, pode? Falar de Londres ficou muito no basicão.  Nada surpreendeu, foi um desfile “ok” eu diria.  Uma pena porque o samba era bom.

Salgueiro – Parece que teve problemas na entrada. Não vi, o que vi foi um desfile pra título. Deve perder pontos nos erros da concentração, mas, como não vi, não sei o tamanho. Desfile muito bom. Eu não conhecia o enredo o suficiente pra avaliar com detalhes. Mas o desfile foi muito bom.

Mangueira – Olha só. A idéia é do caralho. Mas não é muito possível que você faça uma pausa na bateria e uma roda de samba onde apenas o setor que está passando ouça. Não sei se falha do som, se idéia dos caras, mas não funcionou na avenida. Só o setor de onde estavam ouvia e aplaudia. O resto da avenida cantava com “dó” pra ajudar pois parecia uma falha no som do sambódromo.  Isso vai quebrar a harmonia da escola.  Se tiver 10 em harmonia é falta de critério. De qualquer forma, carros comuns, desfile comum com uma idéia do caralho. Só. Pra mim não volta sábado. Mas é a Mangueira né…. Em 2011 voltou, tendo feito desfile de Porto da Pedra.

Tijuca – Com um enredo simples a dúvida era como Paulo Barros de comportaria. E ele se comportou com bom gosto, bom humor e uma mescla interessante de inovação e tradição. Ele é diferente, não adianta. Existe o desfile dele e o resto.  Os desfiles da Tijuca, no entanto, não são feitos pro publico sambar. As pessoas ficam o tempo todo olhando, paradas, assustadas. Mas felizes. Disputa o título sem dúvida alguma.

Grande Rio – Não gostei do samba, não acho que o enredo foi bem tratado e esperava bem mais. Luxuosa, global, cheia de artistas, mas… não “chegou a nossa hora”, como diria o enredo. Pode voltar pela grana, pela grife e pelo luxo.

Se eu fosse escolher 5 pra voltar sábado, sem critérios técnicos, seriam: Mocidade, Salgueiro, Portela, Sao Clemente e Tijuca.

Se eu fosse jurado, escolheria, agora com ordem:
1)  Tijuca
2) Mocidade
3) Portela
4) Salgueiro
5) Sao Clemente

Se eu for apostar no que os jurados vão fazer…
1) Beija Flor
2) Tijuca
3) Grande Rio
4) Portela
5) Mangueira

Aguardemos as notas. Mas como sempre digo, o que importa pra mim é que a escola foi aplaudida pelo público, que sambou com ela. O que dizem os não estes sujeitos que chamam pra avaliar, sinceramente, foda-se.

Só queria voltar sábado com a minha Mocidade. Se der, estou absolutamente satisfeito. Se não, acho injusto este ano ficar fora.

E você? Foi lá? Na TV deu Mocidade, eu vi, fiquei muito feliz. Mas o que te pareceu mais interessante? Quem leva?

Aposta ai!

abs,
RicaPerrone