Home » Futebol » Mesmo capenga…

Mesmo capenga…

O Inter venceu por goleada na Bolívia. Tudo bem, o time do Jorge é uma enorme porcaria e a tendência era mesmo a vitória Colorada.  Ainda assim, se feito o “dever” com sobras, é motivo de elogios.

Gostei do comprometimento de recompor o meio do Zé Roberto, formando com o Kléber o lado esquerdo. Não gostei do Guinazu indo a frente armar jogo quando a bola caia pelo seu lado.

Gosto do Tinga mais a frente, mas não entendo ele sozinho do lado direito.

O time do Inter é capenga demais. Todas as bolas que pega joga na esquerda, onde tem Zé, Kleber, o Oscar aproxima e o Damião na área esperando. Fica meio previsível. Talvez falte um pouco mais de criatividade ao Roth, o que também não é novidade.

Gostei da vitória, achei o Inter bem determinado a vencer desde o começo, o que é bom quando se tem um técnico que joga pra “não perder” no banco.

Mas faltou desenvoltura, naturalidade. O Inter ainda é um time que canta a jogada lá nas mãos do Lauro. E isso é um crime, pois quando um time de melhor nível enfrentá-lo, fatalmente vai fechar este setor e desmontar a estratégia colorada.

Vitória importante, folgada, que dá moral, mas… ainda falta muito se quiser o tri.

E pode.

abs,
RicaPerrone

 

PS – Capenga = Manco, torto, indo pra um lado só. Não que o time seja “capenga” de ruim. É “capenga” de “capenga” mesmo. rs

Coleção de posts do jornalista “do eixo”, anti-colorado, etc…

Colorado cirúrgico!
Sempre gigante
Uma Brahma com Fernando Carvalho
Colorado baila no Morumbi
Vexame?