Home » Futebol » Botafogo » Menos. Bem menos

Menos. Bem menos

O Botafogo acaba de tomar a boca no morro do alemão e passou a liderar os traficantes locais. De hoje em diante, qualquer crime cometido na cidade do Rio de Janeiro é de responsabilidade do clube alvi-negro.

Esta é a interpretação que se faz após ler exageradas criticas ao novo patrocinador do clube.

“Uma empresa que está sob investigação! Não pode se associar ao Botafogo!!!”.

Uai? Ela vai mandar no clube? Vai fazer pirâmide nas categorias de base? Vai vender jogador escondido por telefone Voip?

Então que diabos o Botafogo tem com isso?

O dólar deles é verde. Igual o o da Apple.

Se tiverem algo de errado e assim for determinado em julgamento, o Botafogo vai lá e rescinde se assim entender.  Caso contrário, ganha seu dinheiro vendendo publicidade como faz todo e qualquer produto de mídia de grande alcance.

Claro que eu prefiro anunciar um carro da Ferrari a um carro da JAC motors. Mas se só a JAC Motors me oferecer, eu vou anunciar Jac Motors.

É dinheiro. Compra de espaço publicitário.

E só.

O Botafogo não é a justiça brasileira e nem tem como papel determinar se a empresa é boa ou ruim, se faz algo legal ou ilegal.

Isso a justiça ainda está avaliando. Nem mesmo decretou o veredicto.

Mas veja bem. Você, jornalista que acha absurdo ter um dinheiro publicitário de uma empresa sob investigação, não esquece de olhar pro próprio rabo hein?

Sabe aquele produto que emagrece 20 kilos em 3 minutos que sustenta o intervalo do seu programa? Então… Recusa!

Porque na Europa entra KIA, nego procurado pela Interpol, primeiro ministro, empresa lavando dinheiro e é tudo “exemplo de gestão”.

Aqui, quase um crime.

abs,
RicaPerrone

Comentários