Home » + Chamada » Mais empatado do que nunca

Mais empatado do que nunca

Na minha cabeça o Rueda ia pregar a capa do Extra no vestiário junto da camisa do Muralha e não dizer mais nada.  Vai lá e veste.  Ou ele se queima de vez, ou ele se salva em cima de um jornal.

O garoto, embora tenha jogado, é um garoto. E com tudo que causaram em cima do Muralha, ficou pior pra ele que para o próprio.  O Muralha podia jogar e tomar 3 frangos, ok! Esperam isso dele. O Thiago, não.

Pressionado, errou uma saída com os pés e tomou uma dura do Rever logo no começo.  Nervoso, só não errou antes porque o Cruzeiro jogou pra empatar e não fez nada. O primeiro que percebeu a insegurança do goleiro arriscou, e achou.

O Flamengo foi melhor, dominou o jogo e viu o Cruzeiro escolher o Mineirão para jogar.  Pela tv vi o impedimento, independente disso a vitória seria bem razoável pelo que vimos em campo. Mas, goleiro é parte do time, e o Flamengo não contava com a crise no setor que assombraria o time da noite pro dia.

Mata-mata é detalhe. E por isso nós o adoramos.

Gosto de histórias sendo escritas e imaginar finais para elas. A Copa do Brasil tem a história do Mano ganhando em cima do clube que deixou no meio do último grande título.  E tem também a evidente chance de pênaltis, goleiro do Flamengo herói após tudo que aconteceu.

Não via um favorito as 21h. Não vejo também as 23h50.

É tudo no Mineirão.

abs,
RicaPerrone