Home » + Chamada » Lição e baile

Lição e baile

Em 45 minutos o Grêmio mostrou que pode brigar por título na Libertadores. Que é capaz de jogar bem e articular o jogo mesmo sem o Douglas.

Capaz de ser rápido, perder gols e ainda assim deixar uns 3 logo no primeiro tempo.

E que primeiro tempo!

Tudo perfeito. Acabou, tá resolvido.

O Grêmio é copeiro, sabe jogar isso como poucos. Mas até mesmo pra quem sabe tem o dia do alerta.

Normalmente quando acontece, é uma derrota que nos faz ver o erro. Até pra isso o Grêmio teve sorte. Aprendeu ganhando.

A fundamental quase reação dos adversários vai ser mais útil pro Gremio se bem usada do que o 3×0 seria.

Acontece. Aconteceu.

Libertadores não é um torneio de futebol. É bem parecido, mas é outra coisa.

E as vezes todo mundo se confunde e acaba jogando só futebol. O Grêmio jogou Libertadores por 45 minutos, algum outro torneio por 45.

Ainda bem que eles não empataram?

Não. Não é bem assim. O Grêmio teve muito mais chances de fazer o quarto, o quinto e até o sexto do que eles o terceiro.

Ainda assim, uma lição. Justo você, imortal, vai dar alvo respirando como morto?

abs,
RicaPerrone