Home » Futebol » Clubes » Cruzeiro » Juvenal no CT, SPFC reagindo

Juvenal no CT, SPFC reagindo

dsouxa A história se repete, desta vez antes de uma eliminação. O presidente foi ao CT e lá passou a semana. Misteriosamente os eternos titulares sairam do time, Jr Cesar voltou, o garoto Marlos estreou, o Borges voltou e … bingo! O SPFC venceu.

Sem jogar bonito, porque é filosofia. Dentro da filosofia que se propoe, foi ótimo. Marcou bem, saiu no contra-ataque e fez os gols. Futebol resultado, mas hoje dando resultado.

Eu não serei hipocrita: Não me agrada jogar na defesa e contra-atacar o tempo todo. Mas é gosto, não tem regra pra isso. E dentro disso, uma tese que ja rendeu titulos, o time voltou a ser forte e competitivo. 

Parecia motivado, correndo, disposto. 

Chega a ser estranho para quem vê de fora. Para quem tá acostumado é simples. Ano passado o SPFC jogava mal, o JJ ia ao CT, dava um bicho por 3 vitórias e o time vencia. Se não jogava, pelo menos corria. Assim como todo ano em junho, o time muda quando perde a Libertadores. É sempre a mesma historia.

Só que dessa vez o presidente apareceu lá antes de perder a Libertadores, o que pode render frutos.

Muricy, enfim, escalou com a cabeça, não com as certezas dele. Tirou quem tava mal, improvisou um só e pronto! O time rendeu mais. 

Desse jeito aí o time não deve voltar a jogar futebol agradavel. Mas deve vencer novamente e voltar a ser altamente competitivo. Que é o que o SPFC se propoe a fazer.

O Cruzeiro, sem Wagner, perde muito. E não fez uma partida ruim. Apenas parou onde todos param: na ótima zaga do SPFC. 

Impressionante o aproveitamento do SPFC quando o presidente se mete… 

Pra quem adora achar que é mentira quando alguns dizem isso, eis a prova. Intocaveis no banco, o preterido no ataque, a contratação em campo, os zagueiros na zaga, só um improviso e 3 bolas na rede. 

Agora é esperar. Nem euforia, nem pessimismo. 

O Cruzeiro deixou bem claro hoje que, se uma bola deles entra, o jogo é perigosissimo. Time que não sabe marcar forte, mas que joga muito quando tem espaço. Cria, mesmo sem esse espaço. Portanto, o SPFC precisa saber achar um gol contra o Cruzeiro e não abrir tudo. 

E o Cruzeiro, por sua vez, aproveitar o contra-ataque e o espaco que tive. Porque assim como o Cruzeiro perdeu gols hoje e não soube entrar na zaga tricolor, o SPFC não sabe jogar contra time que se planta na defesa. 

Será um jogão, sem dúvida.

Dúvidas que não acho resposta:

– O Ricky não era um zagueiro e não foi elogiado quarta? Porque perdeu a posicão?

– O Jr Cesar não era banco e o JWagner o melhor “cobrador de faltas” do país? 

– O Hernanes não era intocavel?

– O Borges fez o que pra ganhar a posição do Dago em 3 dias?

– Porque o Dago foi pro banco?

– “Não gostar de colocar jogador jovem na fogueira”, por isso usar raramente a base é reflexo a escalação de Marlos, que chegou segunda-feira com 20 anos? 

Vai entender… rsssss

Questionar é preciso. 

abs,
RicaPerrone