Home » + Chamada » Impossível ser feliz

Impossível ser feliz

Se há um lugar hoje no mundo que não tem como alguém ser feliz, não é no Haiti. É na seleção brasileira.

Talvez no Haiti quando o sujeito sofrido naquela guerra horrível ganhe um chocolate ele ainda consiga sorrir. Ou quando vê a seleção fazer um gol, sei lá.  Nós, não.

Passamos a noite debochando da nossa vitória e, no final, como que dando de presente os abutres ao público, o placar que a nosso favor só servirá pra remeter a tragédia.

Nenhum jogador brasileiro consegue sorrir. Se faz 7, não fez mais que obrigação. Se vai convocado, é seleção da CBF. Se não vai, é porque o Dunga é burro ou porque tem polêmica por trás.

Se viaja sem Neymar é porque não temos time. Se com Neymar, é “ele e mais 10”, ninguém mais presta.

Eu honestamente não gostaria de jogar na seleção brasileira hoje.  É um campo minado onde a única certeza é que você vai ser chacota de algum puta jornalista gênio que fez muito pelo nosso futebol.

Ganhamos. Era o Haiti? Era. Uma merda de time. E aí o que se faz? Goleia.  Goleamos.

Legal? Não. Porque não gostamos do Dunga. Porque ele não dá entrevista legal, porque ele não sorri e portanto se ele salvar crianças de uma guerra dirão que se meteu onde não é chamado.

Pelo amor de Deus! Deixem esse time em paz. Ou não notamos ainda que o 7×1, só que o outro, foi tão culpa nossa quanto deles?

abs,
RicaPerrone

Comentários