Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Galáctico sim senhor!

Galáctico sim senhor!

Eu custo a usar o rótulo porque não e filosofia do treinador o “espetáculo”.  Mas não consigo me esquivar de olhar pro time do São Paulo e perceber que ninguém, talvez nem mesmo o clube, dê a este elenco a dimensão que deveria.

Ouço a todo tropeço que precisa de reforços, que isso, que aquilo. Como se não bastasse, como se fosse um frágil esquadrão.

Ora, senhores. No time titular, hoje, os 4 jogadores de frente foram a seleção brasileira nos últimos anos. No banco, mais dois. Oswaldo e Luis Fabiano.

Talvez uma grande quantidade de clubes pelo mundo considerados grandes não tenha tanto “nome” em seu elenco.  E tem mais!

Na lateral, o titular da seleção do Uruguai. No gol, uma lenda do futebol.  E acredite: Dos demais titular, apenas dois não foram da seleção sub 20 do Brasil.

É sim um São Paulo pra virar quadro na parede. Se não pelo título, que só pode ser de um, por um momento mesmo que breve da retomada da verdadeira alma do clube, que é jogar futebol e não fabricar resultados sem apresentar nada demais.

Há brilhantismo no time do São Paulo desde o meio campo.

Porra, me esqueci! Chegou o Michel Bastos, titular da seleção brasileira em Copa.

Ai você pensa:  “Então é mais time que o Cruzeiro?!”.  E lhe digo, sem receio algum que “sim”.  Claro que sim!  Mas isso no papel.  Não significa que ele será usado da melhor forma, apenas que tem peças para formar algo que funcione.

Muricy não é um estimulador do futebol bem jogado. Mas não tem alternativa quando um ataque será criado por Kaká e Ganso.  Nem que ele obrigue o time a fazer cruzamentos, serão de 3 dedos e não um chuveirinho.

Um São Paulo como há muito não se via, buscando aquilo que há pouco andou fazendo com frequência: ser campeão. Mas serei honesto, quase maluco, e direi a vocês que se este time não der nem quarto lugar mas devolver ao clube a cara de um time que joga um grande futebol, pra frente, no chão e cheio de ousadia, eu já estarei feliz.

Mais feliz até, talvez, do que outros que ganharam na base do Deus me livre.

“O São Paulo é um clube cuja grandeza não consiste em ganhar títulos, mas sim em merecê-los.”

abs,
RicaPerrone

Comentários