Home » Futebol » Clubes » Fluminense » Fred, o cara

Fred, o cara

Não me venha com “a Copa”, porque nela o centroavante da seleção não perdeu um gol praticamente. Mal, como muitos, e vítima de um time que não criava, Fred vai carregar o rótulo covarde de uma imprensa paulista que não suportou ver um jogador do Rio no time titular.

O sujeito é o maior artilheiro pós copa entre os que jogaram de centroavante nela. É o artilheiro do Brasileirão, o cara que peita a organizada, que fala o que pensa, que diz quando acha que a mídia tá errada e que vai na Globo falar mal da Globo.

Como você pode não adorar um cara desses?

Discordar ou concordar, outros 500.  Talvez até achar que ele não seja “isso tudo” como centroavante. Mas não dá pra passar batido e não reconhecer no Fred o típico jogador que nós tanto sentimos falta hoje em dia.

Tem torcedor do Fluminense que não gosta dele. Pouco importa, quando acabar, insisto, o “Flu do Fred” vai ser o maior da história do clube.  E esse rótulo ninguém vai tirar.

Os caras da Globo.com fizeram o que a maioria faz. Usaram a facilidade de uma notícia de merda para ganhar clique na manchete. Como se 5 torcedores de um clube significassem alguma coisa.

É como ter 3 caras na Apple reclamando do mouse quebrado e manchetar: “Clientes se revoltam com a qualidade da Apple”.  É mentira? Não. É sacanagem. Uso de palavras para te impactar.

Fred é fundamental.  Pro Flu, pro futebol, pra tudo isso que queremos do futebol brasileiro. Alguém que se posicione e que ao invés de pensar “no que seria melhor dizer” pensa sempre no que “é preciso ser dito”.

17 gols no Brasileirão. Agora 18. Mais um golaço.

abs,
RicaPerrone

Comentários