Home » + Chamada » Flu melhora sem “pontas”

Flu melhora sem “pontas”

Ontem no Maracanã o Fluminense penou pra virar o jogo contra o Figueirense, mas, ao contrário das partidas anteriores, teve volume e não viveu de lampejos individuais apenas.

Longe do ideal, o Fluminense ainda não explodiu no campeonato. O que é ótimo, pois só ele e Corinthians não vieram ainda lua de mel com torcida e mídia, flertando com a insuportável cobrança de ser “o time da moda”.

Virar o turno no G4 sem ter sido ainda a bola da vez te dá um crédito razoável para brigar por algo maior.  E talvez forçado pela chegada de Cícero, o Enderson viu seu time mudar a forma de jogar um pouco.

Ronaldinho não veio pra ser ponta, mas sim um meia atrás do Fred. E o Cícero, que entrou no time “na vaga do Gérson”, não está jogando aberto lá na ponta quando o Flu retoma a posse de bola. Ele centraliza muito mais, dá espaço pro Wellington na direita e torna o time menos previsível.

Falta coletivo. O time é bastante mal treinado ofensivamente, não repete jogadas e depende demais do Fred. Mas o esquema de jogo mais centralizado deu equilibrio ao time. Veja abaixo o mapa de calor dos últimos dois jogos.

Fluminense x Figueirense
Fluminense x Figueirense
Fluminense x Inter
Fluminense x Inter

A bola ainda viaja demais pelo alto, o cruzamento ainda é prioridade. Mas tende a não ser com tamanha qualidade de passe no meio.

Aceitemos qualquer coisa deste Fluminense, menos falta de criação de jogadas com Cícero e R10 em campo.

A vitória de ontem é importantíssima, encerra um turno com o time acima do esperado em maio. Mas se baixar disso, agora estará abaixo do esperado em julho.

O segundo turno não é mais do Fluminense que ia fechar sem a Unimed. É do time que ia com certeza pra Libertadores com Cícero, Ronaldo e Fred.

abs,
RicaPerrone

Comentários