Home » Futebol » Estrutura de ocasião

Estrutura de ocasião

Eu acho engraçado como a analise do futebol é feita inteiramente pela noite anterior. Nada aconteceu antes, nada virá amanhã, os últimos 100 anos não existiram e todos os argumentos se resumem a frases feitas, daquelas de quem tem preguiça de conhecer mais a fundo.

O Inter perdeu campeonatos nos últimos anos tendo um grande time e a culpa era do treinador. O SPFC, quando perde, é do STJD. O Cruzeiro é do azar, do Perrela, de não sei quem. Quando perde um carioca, é a estrutura.

Quando ganha o Corinthians, é a raça. Quando perde, é a estrutura.

Quando o Flamengo é campeão brasileiro, é camisa. Quando perde, estrutura.

O Fluminense ficou a um apito de ser campeão da Libertadores em 2008, e se não fosse o Baldassi, diria que as Laranjeiras se tornaria exemplar no outro dia.

Tem estrutura a LDU? Tem alguma estrutura a Universidad do Chile? O Atlético PR tem estrutura. E aí?

Esse papo é meio confuso.

É óbvio que é importante ter estrutura. Claro que apoio e acho fundamental. Mas usar isso de desculpa a cada fracasso de um clube não exemplar no quesito é meio oportunista.

Quer dizer então que se o Leo Moura mete aquela bola no angulo o CT do Flamengo amanhece reformado?

Como Cotia, que é ótimo, não revela ninguém, e quando sai um Breno a cada 3 anos vira o exemplo mundial de gestão.  Quando não lança, é culpa do administrador.

Tá ficando chatinho isso, hein?

Futebol, em mata-mata, é apenas futebol.

Sem essa.

abs,
RicaPerrone