Home » Diversos » Esse cara sou eu

Esse cara sou eu

images (63)Sobre pontos corridos você sabe o que penso. Sobre o Rio, a Argentina e o pênalti de domingo, idem. Suficiente para me odiar ou adorar.

Não sabe todo o resto. O que de fato importa, eu diria.

Nem imagina que prefiro o Playstation ao X-Box. Que gosto mais de Nescau que Toddy e que bisnagas da Panco molhadas nele ficam espetaculares.

Que gosto de animais. Todos eles, especialmente cachorros e cavalos. Mas por morar num apartamento, só posso ter um deles.

Acredito também que não precise dizer pra maioria dos meus leitores qual seja o animal que tenho em casa.

Gosto de ar condicionado. Aliás, gosto de quase tudo gelado. Quente, só um cafezinho ao final de um rodízio na churrascaria. E olhe lá.

Sou gordo, ansioso, sedentário, adoro comer e não preciso que o Globo Repórter me diga se estou certo ou errado.

Coca-Cola dá câncer, dizem. E se for verdade vou começar a quimioterapia desde já.

Adoro gente rica e bem sucedida. Não acho um crime alguém ter mais do que eu. Ao contrário, acho motivador.

Não acho a Apple a coisa mais linda do mundo. Gosto, tenho, mas morro de pena de quem coloca o adesivo deles no carro. Gratidão por gratidão, coloca das Casas Bahia que é onde você comprou sua primeira tv em 15 vezes.

Acho o Beckham, o Alexandre Pires e o Raí bonitos. Mas não sou nada viado. Aliás, meu lado feminino é lésbico.

Gosto de mulher. Muito! Tanto, que só tenho uma. E não traio. Não porque sou “careta”, mas porque me sinto mais livre sendo honesto.

Guardo rancor. Sou vingativo. Preconceituoso e arrogante. Não tenho problemas com isso.

Acho que preconceito não é problema. Afinal, acho cariocas divertidos e isso não deixa de ser “preconceito”. A discriminação é um problema. O preconceito é instinto.

Quase nunca choro. Quando consigo é por futebol, escola de samba, ou algo que invariavelmente saia do meu controle. Não choro por nada que eu possa resolver.

Gosto de carne. Muito! Como carne todos os dias. E se possível vou a um churrasco por semana.

Não como japonês. Nem peixe, nada do mar. Só arroz, feijão, ovo frito, batata frita e carne.

Bebo pouco. Acho ridículo uma pessoa bêbada. Invejo quem sabe o ponto certo de ficar apenas “divertido”.

Tenho medo de injeção. Odeio fazer exame de sangue, tenho pavor de hospital e de ficar doente.

Gosto de arroz doce.

Sou sãopaulino. Já fui doente. Hoje estou curado.  E eu sei que você pensou em “cura gay” por causa dessa frase.

Meu bolo favorito é Floresta Negra. Minha escola, a Mocidade. E não pense em me perguntar “qual”. Isso me ofende muito.

Acho a Juliana Paes linda. A Eva Mendes é a mulher mais bonita do mundo.

Não guardo dinheiro. Aprendi a ganhar e gastar. A guardar, ainda não.

Quero ser pai. Muito mais por fazer meu pai avô do que por mim mesmo. Mas serei. Adoro criança.

Durmo de bermuda e mais nada. Quando acordo o edredon está de um lado, o travesseiro no chão e eu não sei como fui parar naquela posição.

Odeio que me acordem. Até porque, antes das 11, não existo.

Uso chinelo o tempo todo. Odeio calça, sapato e camisa. Uso boné porque meu cabelo é branco na lateral e preto em cima. Acho um saco cuidar, então só cubro.

Sou prático. Até demais.

Gosto de filmes nacionais. Gosto do Tropa de Elite e do Cidade de Deus. Acho o Selton Melo tem o mesmo papel em todos os filmes. Embora o considere bom ator.

Prefiro Fraldinha. Mas como Picanha, Alcatra, Cupim e Costela.

Sei fazer churrasco. E acho isso muito “macho” da minha parte. Aliás, acho que churrasco, futebol e mulher são 3 coisas que ou a pessoa gosta ou ela não pode ser minha amiga.

Lima Duarte é o melhor ator de todos os tempos no planeta. E quando estou cansado ou nervoso, ouço Zezé di Camargo e Luciano. Quando feliz, ouço samba enredo.

Jogo GTA, FIFA, Call of Duty e F-1. Sempre joguei muito video game.

Deixo tudo pra última hora. E se puder, não faço. Sou preguiçoso pra caralho.

Prefiro praia.

Gosto do Galvão Bueno e acho o Luis Carlos Junior melhor que o Milton Leite. Tenho amigos no meio jornalistico. Tenho inimigos também. 95% de quem me odeia pouco me conhece. O que me deixa muito feliz.

Meus filmes favoritos são “Homens de Honra”, “Alcatraz” e “Tropa de Elite”.

Já tive Coelho, Cachorro, Gato, Papagaio, Hamster, Canários, Periquitos, Aquário, Lagosta, Rã e tartarugas. Sim, adoro bichos.

Senna é meu ídolo. Mas Schumacher também é.

Gosto de F-1. Torço pra Ferrari. Não gosto do Piquet, nem do Atlético Paranaense.

Não pode ser Pepsi.

Sou apaixonado pelo meu país, orgulhoso de ser o que sou e não tenho complexo de vira-lata nenhum.

Gosto de Nelson Rodrigues.

Não leio livros. Me cansam a vista. Aliás, não leio quase nada. Talvez por isso escreva diferente da maioria. Não tenho vícios.

Odeio gente burra. Mas entendo que não é culpa delas.

Navego na internet como quem troca de canal na net. Levo mais tempo procurando conteudo do que consumindo o que queria encontrar.

Acho as camisas de Inter e Cruzeiro as mais bonitas do país.

Meu nome é Ricardo. Na charge é um esparadrapo e não um sorriso. Mexo as pernas quando paro. Não paro nunca.

Agora sim te acho no direito de me odiar ou adorar.

Prazer.

abs,
RicaPerrone

Comentários