Home » + Chamada » Essa gente sem vergonha

Essa gente sem vergonha

Amanhã é o dia do 7×1. Algumas tvs farão o tosco papel de dar um dia de programação dedicado a DERROTA brasileira na Copa.

Algo que fizeram no dia da MORTE do Senna, e só.

Em nenhuma outra data de conquistas, que convenhamos superam e muito as de fracassos, tivemos um “day”. Em nenhum aniversário comemorativo de nada fizemos um avatar.

Mas a mídia brasileira reflete o povo e vice-versa. Lamentar, chorar, colocar culpa nos outros, rir da desgraça e só saber conviver com o ar de: “ta foda”.

Este país em crise agrada. Porque o brasileiro odeia o sucesso, rejeita o ídolo e procura defeitos para diminui-lo. “Tá tudo bem”, aqui, é ofensa.

Porque o 7×1 é mais “comemorado” do que a soma dos 5 títulos da seleção pela mídia dia após dia. Porque “nós avisamos”.

Ora, o que pode ser trágico que a mídia não avisou? Ela prevê o fim de tudo o tempo todo. Imagine de um time de futebol.

É com vergonha profunda do meu diploma que assisto aos preparativos da mídia e por consequência de torcedores, que são sempre o espelho do que a mídia acha, para o #7x1day.

“A seleção da CBF” que perdeu a Copa América, e a da Argentina que foi a final. Nunca a “da AFA”.

É pequeno, derrotado, coisa de quem nasceu pra ser nada. O sujeito que valoriza suas derrotas e menospreza suas vitórias é invariavelmente o fracassado. E sim, somos um país que exalta o fracasso.

A mídia que chorou a eliminação da Espanha, que meteu dois gringos no ar pra chorar ao vivo suas eliminações e que acha piegas quando um de nós reage ao resultado com paixão.

País de gente covarde, que não tem coragem de olhar pra si sem pena. Um futebol desmoralizado por nós mesmos, em troca de dizer: “eu avisei”.

Comemorem o 8 de julho, medíocres! Façam festa e com ar arrogante, aquele que vocês condenam nos profissionais do futebol, digam o que deve ou não ser feito.

Quem sabe assim a gente possa melhorar. Com conselhos da imprensa que cobre a ex-namorada do Ken Humano mandando sms pro morto, ou com os imbecis que fazem de um dia triste uma festa.

abs,
RicaPerrone

Comentários