Home » Futebol » E viva a coerência!

E viva a coerência!

A Conmebol nunca foi um exemplo de organização. Aliás, infelizmente, o futebol sulamericano é tão ruim que consegue ter no Brasil um exemplo de organização. Nem precisa explicar o resto.

A decisão da Conmebol de tirar uma vaga brasileira porque o Inter foi campeão é absurda, ridícula, patética e deveria causa uma reação nos clubes daqui. Mas, já é pedir demais que eles se unam por algo que não seja “pessoal”.

O México, que não fica na América do Sul, tem 3 vagas. Porque tirar uma daqui? Na real, querida Conmebol, tem 2 vagas SOBRANDO, isso sim.

Cadê a FIFA pra vir encher o saco agora que precisa? Será que ela também não tem o mapa-mundi lá na sede?

Chega, pô! Tá na hora da coisa ter critérios. Ou se faz uma só na América toda, ou o México que vá jogar lá com as “negas” dele. Ninguém é obrigado a ver uma vaga sua sumir porque a Conmebol quer convidar os amiguinhos dela.

O Inter é indiscutível. Ninguém merece mais estar lá do que ele. Mas porque diabos o quarto do Brasileirão não vai?

A decisão é ridícula, e caberia aos clubes brasileiros, protagonistas do torneio, se unirem e meter o pé na porta. “Não, e pronto acabou!”.

Mas sabe quando o Andres vai sentar com o Juvenal? Sabe quando a Patricia vai falar com o Kalil? Sabe quando? Nunca.

Eles são torcedores de paletó, ou saia, tanto faz.  Preferem aumentar a birrinha de arquibancada ao invés de administrar um clube de futebol. Por isso a Copa do Brasil é desvalorizada, por isso eles não mandam nada na CBF, por isso vivem devendo milhões.

São omissos, covardes.

Quem decide o que será feito no Brasileirão, na Copa do Brasil ou na Libertadores são os clubes. Não se engane, a entidade só serve pra representá-los. Se eles baterem o pé, será do jeito deles.

Mas… interesses pessoais são sempre maiores que os do clube.

Né?

Mais um circo, os mesmos palhaços, a mesma platéia.

abs,
RicaPerrone