Home » + Chamada » E sobre “eles”, nada…

E sobre “eles”, nada…

Essa foi a postagem do Flamengo após o jogo. Talvez sem saber da gravidade da briga ainda, talvez por ter feito a arte da imagem antes do jogo. Enfim, não faz muita diferença desde que tenhamos em mente que seja ela de mau gosto ou não, não foi feita com má fé.

É de um clubismo quase surreal imaginar que o Flamengo esteja debochando dos feridos numa guerra do lado de fora. Por mais irritado e rival que você seja, acho razoável imaginar que tenha sido uma piada fora de hora, não uma sacanagem com alguém morto ou ferido.

Feito. O Botafogo também não precisava ter inflamado ainda mais isso interpretado maldosamente. Podia ter telefonado. Mas eu entendo os dois no calor do jogo querendo postar e virou o que virou.

Meu problema é imaginar que só se fala disso agora. Enquanto uma duzia de marginais que passaram de carro e MATARAM uma pessoa com um tiro estão em casa vendo tv, de boa, tomando uma.

Porque o que eles são? “A torcida do”. É assim que vocês se tratam, que aceitam, que reclamam quando alvo e que tratam coletivamente isentando culpados. Antes do jogo flamenguistas e botafoguenses brigavam nas redes sociais pra saber “quem começou”.

Ora, que importa? Você realmente acha que isso é coisa de amigos nossos? De torcedores como eu e você? Passa pela sua cabeça pura que alguém vá ao estádio com uma arma para ver futebol como nós?

Não interessa se é Flamengo, Vasco, Bahia ou Ibis. As torcidas organizadas (as antigas especialmente) são gangues que escondem uma maioria boa mas que atrás dela está uma minoria CRIMINOSA. Gente do pior tipo que não pode ser tratada como “torcida do”.  Isso é bandido, não é “torcida de” nada.

É de uma perda de tempo tomar “lado” nisso que me constrange.  Você, botafoguense, flamenguista, é tão vitima dessa merda quanto o vascaíno, o tricolor, o corintiano, o gremista.  Nós temos medo de ir no jogo por causa da camuflagem que nós apoiamos em dar quando os tratamos clubisticamente.

Não tem clube! Esses caras não são “flamenguistas” ou “botafoguenses”. Eles são criminosos perigosos.  E enquanto eles puderem fazer parte de uma facção que você apoia e/ou ignora para ter razão numa discussão sobre clubes, é o seu filho que ele vai colocar em risco amanhã.

Chega.  Abandonem as organizadas. Deixem nelas só quem não tem a boa fé de ver o futebol em paz e então identificaremos facilmente quem está afim do que. Seja sócio torcedor do seu CLUBE não da sua torcida. Seja um torcedor de futebol ANTES de ser um torcedor desse ou daquele.

Entenda de uma vez por todas que “a torcida do” não faz a menor diferença quando uma bomba vier na sua cabeça. Enquanto vocês estão procurando “qual time tem a torcida mais violenta” ou qual rede social possivelmente brincaria com a morte alheia, eles vão continuar.

Somos nós contra eles. Não nossa torcida contra outra torcida.

Houve um assassinato.  E eles não são nem notícia mais…

abs,
RicaPerrone

Comentários