Home » + Chamada » É o capuz!

É o capuz!

Agora ficou tudo claro. O capuz do Firmino é um dos problemas da nossa seleção.

Eu fico constrangido com algumas discussões. A gente da uma zapeada no controle remoto e vê os mesmos caras de 1960 comentando futebol pedindo renovação.  A gente fala em profissionalismo, tenta “ir a fundo” nos problemas do futebol brasileiro e aí você se depara com uma segunda-feira que discute o capuz do Firmino.

Eu não sou burro, eu entendi o que o Capita quis dizer. Mas honestamente…  E se tivesse sido campeão? Alguém realmente se importa ou se acha no direito de julgar o quanto a preocupação com a imagem dos meninos tira o foco num jogo?

O Neymar é cheio de estilo. Joga pra caralho.  O Romário adorava a noite. Jogava pra caralho. Os melhores jogadores que eu vi adoravam tomar uma e virar a madrugada.

E daí? Porque chegavam de terno eram mais ou menos focados?

Pode-se contestar o capuz. Eu entendo. O que não me parece razoável é que esse seja o tema principal numa segunda-feira pós uma eliminação.

Tá cheio de gente que num discurso diz que o futebol brasileiro perdeu a identidade e no minuto seguinte está falando bosta sobre Mourinho, Guardiola, metodologia europeia e o caralho a quatro.  Que porra de identidade é essa que se busca tudo fora?

É um circo cheio de palhaços fazendo graça e um monte de gente assistindo batendo palmas.  A discussão é vazia, a mídia não sabe NADA de futebol, são raríssimos os caras que se dão o trabalho de ir lá conversar sem buscar um furo mas sim entender como funciona.

Para quem fala parece sempre tudo fácil. Todo mundo tem a solução de tudo.

Mas hoje é o capuz. Na Olimpíada será a tatuagem nova do fulano.  Na Copa, se perder, o fone de ouvido.  E se ganhar, foda-se!  Ou não foi assim que a mesma mídia que hoje corneta fez enquanto Muricy fazia o anti-futebol e era endeusado por resultado por exemplo?

abs,
RicaPerrone

Comentários