Home » Futebol » Atlético MG » E ainda assim…

E ainda assim…

Sem Seedorf, mas ainda assim competitivo e competente.  Sem motivos, mas ainda brigador.

Botafogo e Galo foram vítimas de uma tentativa frustrada de roubo de cena por parte do juiz, péssimo por sinal.

Nem seus grotescos erros, para os dois lados, diga-se, conseguiram ofuscar o talento de Ronaldinho, a ousadia do garoto Vitinho e a interessante postura de um Botafogo hoje catimbeiro e marrento contra um Galo que, sem buscar nada, tornou o jogo uma questão de honra.

Vamos esquecer a arbitragem por alguns minutos.  O resultado foi justo.

Daqueles jogos que ninguém merece perder. Mas não dá pra ter 2 vencedores, então…

Claro que pro botafoguense o gol no fim cai como derrota. Mas no dia que desfalcado de seu melhor jogador empatar com o campeão da América na casa dos caras for tropeço, eu desisto.

Falar em algo que não seja aplausos pro Galo nos próximos 3 meses soa com ingratidão. Portanto, a este time, créditos de não ter que provar mais nada até dezembro.

Atleticanos eufóricos e botafoguenses chateados. Ainda assim, acho que ambos deviam ir dormir sorrindo.

abs,
RicaPerrone