Home » Futebol » Diego Souza, o vilão

Diego Souza, o vilão

Eu ia fazer o post jornalisticamente correto. Até porque, é feio um jornalista dizer que concorda com um pontapé. Mas, as vezes é bom parar de frescura e voltar pro boteco, porque é assim que as coisas são. O que dizemos lá, normalmente, é mais honesto do que escrevemos cá.

Diego errou. Sim, errou.

Mas… eu tenho um temperamento dificil também, entendo um pouco o lado de quem explode.

O Domingos fez algo que acho meio ridículo. Eu condenei o Bosco pelo que fez com a pilha no Palestra e não concordo quando jogador faz isso de proposito. Uma coisa é você, num lance de disputa ou numa situação de tirar vantagem, simular algo. Comum, sem problemas, é malandragem.

Mas entrar pra explusar alguem é covardia. E o Domingos foi pra isso.

E aí eu acho que o cara se torna meio “covarde”. Tá ganhando o jogo, classificado, tudo resolvido, pra que fazer isso?

Pra que achar expulsão num rival com tudo resolvido? Pra tumultuar, pra encher o saco, pra ser bonitão pra torcida.

Lembra do Edilson naquela final com o Palmeiras? Mesma coisa…  Quis humilhar quem tava perdendo, apanhou, saiu correndo e deixou a merda pros outros. Covarde!

Aí o cara cai no chao e simula. O Diego DEVERIA ficar na dele e só dizer que nào fez. Mas… sangue de barata é duro. Eu vi aquilo tudo e tive a nitida sensação que o Diego dizia: “Agora você vai tomar de verdade!”.

E deu. Assim, o Domingos caiu com motivos.

Eu nào concordo com a violencia dele. Acho que errou.

Mas não serei covarde não. No lugar dele, eu faria igualzinho.

abs,
RicaPerrone