Home » + Chamada » Cruzeiro “entendeu” melhor a idéia

Cruzeiro “entendeu” melhor a idéia

No Brasil “importado” é sinonimo de qualidade.  Num país vira-latas é comum entender que tudo que vem de fora é melhor. Quando a onda “técnicos estrangeiros” começou no Brasil a maioria dos times não entendeu o conceito.

“Treinador estrangeiro” é uma sugestão de filosofia. Algumas pessoas acham que novas idéias vindas de fora podem revolucionar o futebol do país, algo que até agora, mesmo com diversas tentativas de fora, deu certo com Tite e Diniz, que se não me engano nasceram neste mesmo país.

Enfim.  Bauza, Aguirre, outros tantos, é trazer a Libertadores pro Brasil. Copeiros, catimbeiros, jogam com regulamento e com pouquissima preocupação ofensiva e técnica.  Acrescentam? Não. Mas se a bola entrar e ganharem, dirão que é exemplo.

Infelizmente no Brasil quem avalia futebol normalmente não entende porra nenhuma. E então olha o placar do jogo e discursa qualquer merda.

O Cruzeiro foi buscar Paulo Bento.  Mais um “gringo”.  Opa! Aí são outros 500.

Um cara que fala portugues, novo, filosofia diferente, com Copa do Mundo… aí sim, temos algo a ser acrescentado de fato na nossa filosofia, não apenas no placar final do jogo.

Esperamos que junto do Portuga venha uma filosofia menos “burra”  que determine um projeto e confie nele. Se trouxeram, acreditam. E se acreditam, aguardem o período de adaptação, entusiasmo, frustração e só então a de colheita dos frutos.

Cruzeiro entendeu bem. Foi buscar algo “novo” e não algo “de fora”.

abs,
RicaPerrone

Comentários