Home » + Chamada » Como não gostar?

Como não gostar?

Eu não sou a favor. Tenho medo, acho que temos aí mais a perder do que a ganhar. Mas eu sou jornalista, eu vivo de futebol e eu sou sãopaulino.  Eu não tenho como negar que rever o meu capitão ali é especial. E se ele quer, se se sente pronto pra isso, quem é o maluco que vai dizer não pra ele?

Rogério tem duas características decisivas na sua carreira: Ele é louco por resultado, louco por ter razão.  Quando você ganha, você tem razão. E por isso Ceni viveu anos dourados no SPFC ultimamente.  Quando se perde, és o vilão. E por isso ele foi taxado de líder negativo antes da boa fase.

Rogério é corajoso. Eu no lugar dele talvez fosse também tão obcecado quanto em querer mais e mais.  Mas, por outro lado, é um risco enorme e não tão necessário. Há desgaste, derrotas, talvez seja parte ainda dos anos de crise.  Ceni não pode sair vaiado do Morumbi. E hoje assume esse risco e assina o documento. É real. Pode acontecer.

Gosto? Adoro! Respeito muito quem corre riscos desnecessários, até porque ser incrível não é necessário, logo, limita-se aos que correm o risco.

Rogério na beira do gramado do Morumbi é épico. Se dirigente fosse, tentaria convence-lo a não fazer isso agora. Mas se eu fosse Rogério Ceni tentaria assumir e fazer do SPFC campeão outra vez.

Sendo o que sou, torço pelo meu capitão, pelo meu time e pra que isso tudo desgaste o mínimo possível a imagem do “mito”, agora, “professor Rogério Ceni”.

abs,
RicaPerrone

Comentários