Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » Chora, capitão!

Chora, capitão!

Eu não sei dizer o que pode e o que não pode.  Sei que todos tem o direito de achar o que bem entender sobre Thiago Silva contra o Chile.

Também tenho minha opinião e fiquei sim decepcionado com ele. Não por não ter batido o pênalti, achei até honesto ele assumir que não estava bem, mas pelo tanto que ficou nervoso na condição de líder do grupo.

Thiago não cometeu um “erro”. Apenas não reagiu bem a situação.

E sim, Zico não apenas pode falar como é a melhor pessoa do mundo pra falar sobre isso. Ele sabe o que vão fazer com Thiago caso ele seja humano e erre. Ou pior, sabe o que seria dele se perdêssemos por um pênalti que eventualmente alguém foi bater em seu lugar.

Zico paga até hoje pela má fé alheia e pelo ódio ao Flamengo.  Em qualquer raciocinio lógico Zico teria que ser exaltado por ter pedido a bola pra bater (2 vezes)  num jogo onde acabara de entrar e os medalhões pediram pra não cobrar.

Errou um deles. Mas bateu.

Thiago não bateu. E tem direito de não ter batido. Como tem a obrigação de aguentar a natural desconfiança sobre sua condição emocional após ter se afastado do grupo que lidera por ter ficado nervoso demais.

Porque diabos devo escolher entre dois ídolos e estar ao lado de um?  Trata-se de um Fla-Flu?  Não, mas já virou. E a partir de então toda e qualquer opinião baseada nisso deve ser ignorada. É só paixão.

Paixão que Zico e Thiago tem pelo que fazem e pela seleção, já que ambos sempre a representaram muito bem. Errando, acertando, sentindo a pressão, tentando de novo, ganhando, perdendo.

Mais Zicos, porque é preciso bater. Mais Thiagos, porque também é preciso aceitar suas fraquezas.

E mais verde amarelo, menos cores de clubes até 13 de julho.

Vai, Capitão! Tamo junto.

abs,
RicaPerrone

Comentários