Home » Campeões de audiência » Cem anos, Vô!

Cem anos, Vô!

Oi Vô! Tudo bem aí em cima?  Saudades de você.

Mas te escrevo hoje não pra falar de nós mas sim pra te mandar notícias. Talvez você perca a noção de tempo ai onde estiver, mas hoje, dia 26 de agosto, o seu Palestra faz 100 anos.

Eu adoraria que você estivesse vivo por diversos motivos, mas pra ver o Verdão chegar nessa data e ainda apresentar um estádio maravilhoso é um deles.

Quando você se foi eu sonhava em ser jornalista esportivo. Eu consegui, Vô.  Vivo de futebol, como sempre quis. Acompanho tudo de perto, não tenho mais o mesmo clubismo pelo meu São Paulo, mas em troca disso aprendi a ver o que há de mais especial em outros 11 grandes clubes.

Eu tô morando no Rio, Vô. Mas me contaram que a noite em São Paulo foi barulhenta. Cheia de vinhos, queijos, bandeiras e camisas verdes pra todo lado. Eu queria ter visto.

As coisas não ficaram muito calmas por aqui nos últimos anos. Se eu te contar que caiu pra série B e tudo você acredita?  Nem eu, as vezes. Mas aconteceu. E duas vezes.

Caramba, Vô! Você morreu na noite de um domingo onde o meu São Paulo ganhou do seu Palmeiras de virada. No dia seguinte ao ter “apostado” um guaraná comigo que daria “Palestra”, como você sempre tratou seu time.

Eu te liguei domingo a noite e ninguém atendeu. Eu queria falar do jogo, mas nunca falamos dele.

Aliás, Vô! Fui te homenagear e usar “Perrone” quase me quebrei. Tem um tal de Ricardo Perrone aqui que a torcida do Palmeiras odeia. E eu já até mudei pra “Rica”  pra diferenciar. Mas olha… o que tem de nego que confunde e me ameaça….

Ah! Vocês ganharam a Libertadores! Nos pênaltis, mas foi legal. O Felipão, lembra? Do Grêmio.  Então, era ele o treinador.

O Mundial, não. Perderam na final pro Manchester, 1×0.  Falha do Marcão, que é um dos maiores nomes do clube e você não conheceu.  Ia gostar dele, meio caipira, simples, careca. Até parecido com você.

Mas ele já aponsentou também.

Faz tempo né, Vô?

Mas era isso. Eu queria te lembrar da data, dizer que vou tomar um vinho por você e brindar “ao Palestra!”  como você faria. Sem hipocrisia, prometo! Desde que você se foi é muito difícil não olhar pra aquele time de verde e lhe desejar sorte.

Andou faltando. Mas é fase.

Você tinha que ver o estádio, Vô. Nem abriu ainda, mas é muito bonito. Acho, e que ninguém nos ouça, que é o mais bonito de São Paulo.  Ah! Quase esqueci! O Corinthians fez um também! Juro!

Sério, pô! Acredita em mim.  Mas é uma longa história.

Teve até Copa aqui, Vô. Eu fui, mas perdemos. Não vou entrar em detalhes pra você não morrer de novo, mas acho que agora entendo o que vocês sentiram em 50.

Tenho que ir agora. Muito trabalho e preciso publicar coisas sobre o seu Palestra no blog. Blog é, diria eu, uma “coluna de jornal” do meu tempo.

Fica com Deus aí, Vô.  Tô com saudades.  Assim que o Palmeiras for campeão de novo eu te mando notícias.

Até já!

abs,
RicaPerrone

Comentários

Deixe uma resposta