Home » Olimpiadas

Olimpiadas

Paralimpiadas no Metrô – Deu tudo “errado”

Domingo, fim da tarde. Alguns voltam do Parque Olímpico, outros vão na direção do Maracanã.  Alguns fazem as duas coisas ao mesmo tempo. Naquele vagão de metrô um sentimento misturado de “missão cumprida”, “saudades” e um pouco explícito “e aí?!”. Fácil entender a missão cumprida e a saudades. O “e aí?” é pra uma turma que não contente em ser …

Read More »

Paralimpíadas no Metrô

Eu costumo usar o metrô quando posso. Ou seja, se ele vai até onde eu quero, eu prefiro do que o carro. E já cansei de notar a falta de educação do brasileiro em geral na hora de entrar, sair, sentar, deixar o outro passar.  Enfim, um dos nossos problemas culturais. O que vi essa semana na Paralimpíada me deixou …

Read More »

Paracomisso 2016

Acho do caralho, uma lição de vida. Se dependesse do meu reconhecimento, seria como eu quero. Mas está na hora das pessoas pararem de hipocrisia em rede social e aceitar que a vida tem uma lógica e que ninguém, nem mesmo quem tanto critica, trabalha por “amor”. Trabalho é por dinheiro. Alguma satisfação, talvez até um ideal. Mas fundamentalmente se …

Read More »

A rampa do ouro

Todo torcedor que se preze tem alguma superstição.  Eu tenho as minhas e conforme o jogo vai ficando mais complicado elas vão aumentando. Pois vou contar a história da medalha de ouro que dei ao Brasil no dia 20 de agosto, no Maracanã. Estavamos em 3. Aníbal, um amigo mexicano, Nivinha, uma amiga carioca, e eu.  Antes de entrar no …

Read More »

E se Bolt fosse brasileiro?

Imaginemos, então.  Usain Bolt nascido no Méier, chamado Antonio Batista, recordista mundial dos 100 e 200 metros rasos, fazedor de pose pra fotos e com declarações do tipo: “Eu hoje sou uma lenda. E também sou o maior atleta vivo.”. Ele é o único que dá a volta no estádio, que sorri pra camera antes da linha de chegada e que …

Read More »

Neymar é moleque

A comparação com outros atletas olímpicos e suas reações ao vencer beira a burrice. Mas respeitemos, pois ela é interminável e como um câncer vem em quem as vezes não pode se defender. Nenhum atleta olímpico toma porrada o ano inteiro, todos os dias, e é cobrado individualmente por um coletivo. Nenhum deles tem a importância de um jogador de …

Read More »

Olimpíadas no Metrô – As lágrimas

Eu não fui. Na verdade voltava quando estive com as pessoas que iam. Você já foi a um velório?  Se sim, não preciso mais explicar o ambiente.  Mas era um velório diferente.  O morto estava respirando, as pessoas não queriam que ele partisse mas tinham um orgulho dele e uma vontade de homenagea-lo inacreditável. O metrô a caminho do Maracanã …

Read More »

Fim!

Fico feliz que tenha gostado e que agora saiba ser exagero todo medo que foi criado. Não pude te oferecer o maior conforto de todos, mas te ofereci a melhor das intenções. Se faltou caviar, me perdoe, espero ter compensado com sorrisos. Aqui não fazemos muito caviar. Mas sorrimos como se pudéssemos comê-lo todos os dias. Quando chegar em casa, …

Read More »

Quanto vale o ouro?

Claro, após uma eliminação em casa, pressionado na Libertadores e questionado pela imprensa, o Palmeiras vai ser alvo de muito barulho nos próximos dias. Se por acaso não se classificar na Libertadores, piora.
Colocarão Luxemburgo a beira de uma demissão, coisa que não acontece há tempos no futebol brasileiro.
O torcedor do verdão, que diga-se de passagem é chato pra cacete e cobra mais do que ajuda no Palestra Italia, vai cair nessa e achar que tudo que falam sobre o Luxemburgo é verdade e que o time só é fraco por culpa dele.

Read More »

Olimpíadas no Metrô – Clássico é clássico

No ginásio, nos estádios e porque não no Metrô? Brasileiros e argentinos se provocam em todos os lugares e sob qualquer argumento. A caminho de mais um dia olímpico, na linha 4 do metrô, um grupo de argentinos conversava e ria alto num vagão qualquer. Absolutamente do nada, eles começaram a gritar que “Maradona és mas grande que Pelé”, provocando …

Read More »

Malandro é malandro…

E você, feliz, é mané. Mané porque é bobo, ufanista, Pacheco, vive de pão e circo e não enxerga a realidade. Ou pior, não quer enxergar. Malandro sou eu, com meu ar soberbo de quem vê mais do que você.  De quem não se vende às migalhas da utopia olímpica e de quem não vai passar o sábado vestido de …

Read More »

Olimpíadas no Metrô – Vem, Trump!

O fim está próximo. E como sabemos, a partir de segunda-feira o carioca terá que conviver com o estranho fato de não ter o que esperar, não ter o “imaginar na…” e menos ainda fazer mil teorias do que pode ou não dar errado após mais um sucesso como essas olimpíadas. E foi num vagão do Metrô do Rio que …

Read More »

Olimpíadas no Metrô: Thi-ago-Braz!

Voltavamos pra casa após eliminação no futebol feminino.  O metrô não era mais o festivo do caminho de ida pro estádio, quando ainda sonhavamos com a decisão. Pior: nele dividíamos vagões com suecos felizes. Eles cantam uma musiquinha que ninguém entende, mas que a gente imagina, com muito estudo que seja “Suécia!”. Só que na língua deles, claro. No metrô respeitaram …

Read More »

Medalha do ginasta olímpico e só!

Hypolito é prata.  E eu não quero discutir seu trabalho, sua nota, sua apresentação porque obviamente não entendo porra nenhuma de ginástica.  Só fico feliz pela prata do nosso país e principalmente por ser do Diego. Porque em especial o Diego? Eu explico, mas só pra quem quiser e souber ler. Então, se você busca nas próximas linhas uma forma …

Read More »

Os maiores também em Olimpíadas!

E o futebol nos consegue mais uma medalha. Será a sexta, e pasmem, o Brasil se torna o maior medalhista olímpico no futebol em todos os tempos. Falta o ouro. Mas o nosso “fracasso”, o nosso “trauma”,  é ser o maior medalhista em olimpiadas. É inacreditável a força do futebol brasileiro e nota-se isso quando a referência de algo ruim …

Read More »

Não é machismo

No momento em que o mundo discute a fome, não se joga nem comida estragada fora. Quando se discute o casamento gay, não se brinca de chamar alguém de “viado”, e quando o machismo é o foco, sobra pontapés pra todos os lados, até para os que não merecem. Discute-se machismo e preconceito com o futebol feminino. Outro dia a …

Read More »

Rio, a ex que ficou gostosa

Sou brasileiro e portanto jamais vivi sequer 24h onde as pessoas a minha volta sentem mais orgulho do que vergonha.  Até mesmo quando cabe o orgulho, logo o brasileiro se lembra de alguma vergonha para conseguir conviver com isso de forma mais natural. Há 10 dias eu não sabia o que era uma Olimpíada e nem mesmo o que ela …

Read More »

O Maracanã tem alma

Times tem alma, torcidas tem alma. Porque imaginam que estádios não tenham?  O Maracanã foi palco de mais uma derrota dolorosa pro Brasil, e mais uma vez surgem as manchetes dos fantasmas. Você sabia que na final de 1950 contra o Uruguai havia milhares de convidados que jamais foram a um jogo de futebol e, por isso, cometeram a indelicadeza …

Read More »

Olímpiadas no Metrô – Pais e filhos

Barra da Tijuca, metrô novo. Lá estava embarcando na bela estação recém inaugurada quando saltou um brasileirinho e seu pai, que de camisa da seleção tal qual o filho, não escondia a euforia de estar no evento. Não sabia pra qual evento ele ia. Sabia que ia. Em algum momento ele perguntou pro Pai se o Neymar ia jogar.  Calmamente …

Read More »

A descoberta

Acho que há alguns anos tenho uma guerra contra “meus colegas” sobre o que penso de esporte e como ele deve ser tratado. Pelo fato de não ter como exemplificar, sempre tive dificuldade em explicar pro “não jornalista” qual era meu ideal. Agora conseguirei. Quando você vê o comentarista chorando, o narrador perdendo a voz, o repórter se perdendo diante …

Read More »