Home » Futebol » Camisa joga

Camisa joga

O Vasco não tem um time digno de sua tradição. Luta pra não cair? Não sei, acho exagero e ainda cedo pra dizer. Mas, pelo titulo, com este time, não luta. O Inter, ao contrário, luta e tem time.

Em São Januário duas camisas pesadas se enfrentaram hoje. Uma com folga pra não pensar em crise. A outra, pressionadíssima pela fase. E quando tudo indicava que a crise aumentaria, a “camisa” de um deles deu as caras.

O Inter fez 2×0 sem grande dificuldade. O Vasco, perdido, já sentia a torcida cobrar, ameaçar e a crise aumentar.

Intervalo, vaias, ameaças, protestos.

Voltam pro segundo-tempo e, sem nenhum nó tático, o Vasco se atira pra cima do Colorado. Sai o primeiro, Eller é expulso, o juiz acha um penalti, o time cresce, a torcida volta a jogar, o Vasco vira.

Crise? Que crise?

Segue sendo um time que precisa de reforços, segue sob desconfiança, segue tudo igual.

Ou, quase igual.

Porque hoje, como sempre digo, ficou novamente claro que a diferença entre o time grande e o pequeno é exatamente a capacidade de ir do inferno ao céu rapidamente, e vice-versa.

Duas camisas pesadas, não há favoritos.

Parabéns ao Vasco pela reação. Grande vitória, daquelas pra mudar o rumo das coisas, talvez.

abs,
RicaPerrone