Home » Futebol » Calma, cocada!

Calma, cocada!

O Tricolor venceu por goleada. Não vi o jogo todo, pois assistia ao clássico no momento da partida. Vi os gols, os lances, e o auê. E, não gosto do que leio, apesar de adorar o que vi.

Fernandinho fez algo especial, sem dúvida! Merece todos os elogios, todo crédito de ter salvado o time de um futebol mediocre novamente. Mas, temo pela euforia. Que é até natural, ampliada pela carência de dribles que sente a torcida.

O sãopaulino não sabe o que é jogar bem ou jogar com alegria, dribles, lances bonitos há muito tempo. Ele acostumou-se com o futebol resultado e só. Por isso, a euforia em caso de uma jogada de maior efeito é naturalmente maior.

Me preocupa a euforia no Fernandinho.

Me incomodava antes dele estrear o fato de algumas pessoas, inclusive dirigentes do clube, andarem dizendo que ele seria a solução pro time em 2010. Ok, tomara que seja. Mas, convenhamos, não conheço ninguem que tenha visto 10 jogos do Barueri em 2009 para sequer poder fazer uma análise decente do rapaz.

Eu também não vi. Não sei o que esperar do sujeito.

Acho ponderável esperar algum tempo para o endeusamento. Não porque ele não mereça, ou porque eu duvide que ele venha a ser um craque. Mas por uma questão de lógica, de passado recente, é melhor ir devagar.

Fez 4, e vejamos.

Um jogador rápido, de contra-ataque. Entra com o time vencendo o mediocre Monte Azul, time do mesmo nivel daquele em que o Obina fez 5 outro dia. Pega o contra-golpe aberto e espaço para fazer tudo que sabe.

Brilhou, fez tudo que ele podia e que o mais otimista poderia prever.

Dez pro Fernandinho! Adorei o que vi.

Mas, calma.

O Tardelli estreou arrebentando, depois fez um de bicicleta no Maracanã, e na medida que endeusaram, morreu.

Idem pro Renatinho, ex-juniores. Idem pro Sergio Mota, entre tantos e tantos outros que rabiscaram bonito e deixaram o quadro vazio depois.

Fernandinho promete. Mas, por enquanto, só promete.

Ele não fará o J Wagner jogar, não levantará a cabeça do Pàraiba, não vai ensinar o Washington a chutar no gol e nem vai conseguir acordar o Hernanes.

Então, a ele o que cabe, por hora.

Apenas uma esperança de ter encontrado um bom atacante. Só. Pois se amanhã ele sumir do jogo contra o Nacional na Libertadores, será pipoqueiro. Né?

Depois, quem sabe, se provar, as glórias que cabem a um jogador decisivo de fato.

Boa sorte ao Fernandinho. Me impressionou bastante também.

abs,
RicaPerrone