Home » Futebol » Bahia incontestável

Bahia incontestável

Eu sei que é perfil nacional, especialmente meu, olhar apenas pros 12 gigantes e esquecer que pode haver méritos num “médio/grande” ou num “pequeno”. O Bahia, que não é pequeno e nem gigante, fez uma partida que poucos gigantes fariam.

Não porque o São Paulo não tenha tido falhas. Mas porque é muito mais relevante ao futebol a grande virada conquistada do que a sofrida. Não vimos apenas erros, vimos méritos.

O São Paulo treinou finalizações e com 3×1, sendo 3 bons chutes, Leão já pensava no que iria falar na coletiva que o exaltaria.  Joel, de primeiro tempo covarde onde em determinado momento do jogo um atacante pegou a bola na área e ficou exatos 8 segundos procurando alguém pra tocar e não havia, mudou e fez o que lhe cabia. Agrediu.

Leão, incapaz de ser óbvio para tentar sempre ser “o dono da vitória!”, inventou.

Perdeu.

Perdeu porque o Bahia teve a união na medida entre torcida e time.

Perdeu porque viu seu time sentar no placar e acreditar estar resolvido, algo que só jornalistas e torcedores podem achar.  Jogadores, jamais.

Perdeu porque o Bahia foi melhor.

Não foi o São Paulo que perdeu o jogo ganho apenas. Foi o Bahia que buscou algo mágico numa noite inspirada e especial.

Ignorar isso é fechar os olhos pro que há de melhor no futebol.

E hoje, sábado, o que há de melhor no futebol é ser torcedor do Bahia.

abs,
RicaPerrone