Home » Rica Perrone

Rica Perrone

Rica Perrone é jornalista, escritor, empresário, blogueiro, youtuber, radialista e craque no Fifa. Odeia os pontos corridos, não chama time europeu de "meu" e acha que futebol é entretenimento. Quer mais?  Tá tudo aqui, ó! 

Classificação Planejada 2016

Todo começo de temporada os treinadores fazem um planejamento. Aí você pode perguntar: “Que diabos de planejamento é esse? Ele planeja perder? Não era pra tentar ganhar todas?”. Sim, era. Mas nem treinador é tão apaixonado e maluco de imaginar que vencerá todos os jogos de um campeonato como o Brasileirão. Assim sendo, eles planejam uma forma média de atingir …

Read More »

A primeira do Tite

Primeiramente, a lista. Goleiros: Alisson (Roma), Marcelo Grohe (Grêmio) e Weverton (Atlético-PR); Zagueiros: Gil (Shandong Luneng), Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão) e Rodrigo Caio (São Paulo); Laterais: Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Giuliano (Juventus), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Rafael Carioca (Atlético-MG), …

Read More »

Olimpíadas no Metrô – As lágrimas

Eu não fui. Na verdade voltava quando estive com as pessoas que iam. Você já foi a um velório?  Se sim, não preciso mais explicar o ambiente.  Mas era um velório diferente.  O morto estava respirando, as pessoas não queriam que ele partisse mas tinham um orgulho dele e uma vontade de homenagea-lo inacreditável. O metrô a caminho do Maracanã …

Read More »

Neymar é moleque

A comparação com outros atletas olímpicos e suas reações ao vencer beira a burrice. Mas respeitemos, pois ela é interminável e como um câncer vem em quem as vezes não pode se defender. Nenhum atleta olímpico toma porrada o ano inteiro, todos os dias, e é cobrado individualmente por um coletivo. Nenhum deles tem a importância de um jogador de …

Read More »

Fim!

Fico feliz que tenha gostado e que agora saiba ser exagero todo medo que foi criado. Não pude te oferecer o maior conforto de todos, mas te ofereci a melhor das intenções. Se faltou caviar, me perdoe, espero ter compensado com sorrisos. Aqui não fazemos muito caviar. Mas sorrimos como se pudéssemos comê-lo todos os dias. Quando chegar em casa, …

Read More »

Quanto vale o ouro?

Claro, após uma eliminação em casa, pressionado na Libertadores e questionado pela imprensa, o Palmeiras vai ser alvo de muito barulho nos próximos dias. Se por acaso não se classificar na Libertadores, piora.
Colocarão Luxemburgo a beira de uma demissão, coisa que não acontece há tempos no futebol brasileiro.
O torcedor do verdão, que diga-se de passagem é chato pra cacete e cobra mais do que ajuda no Palestra Italia, vai cair nessa e achar que tudo que falam sobre o Luxemburgo é verdade e que o time só é fraco por culpa dele.

Read More »

Olimpíadas no Metrô – Clássico é clássico

No ginásio, nos estádios e porque não no Metrô? Brasileiros e argentinos se provocam em todos os lugares e sob qualquer argumento. A caminho de mais um dia olímpico, na linha 4 do metrô, um grupo de argentinos conversava e ria alto num vagão qualquer. Absolutamente do nada, eles começaram a gritar que “Maradona és mas grande que Pelé”, provocando …

Read More »

Malandro é malandro…

E você, feliz, é mané. Mané porque é bobo, ufanista, Pacheco, vive de pão e circo e não enxerga a realidade. Ou pior, não quer enxergar. Malandro sou eu, com meu ar soberbo de quem vê mais do que você.  De quem não se vende às migalhas da utopia olímpica e de quem não vai passar o sábado vestido de …

Read More »

Olimpíadas no Metrô – Vem, Trump!

O fim está próximo. E como sabemos, a partir de segunda-feira o carioca terá que conviver com o estranho fato de não ter o que esperar, não ter o “imaginar na…” e menos ainda fazer mil teorias do que pode ou não dar errado após mais um sucesso como essas olimpíadas. E foi num vagão do Metrô do Rio que …

Read More »

Olimpíadas no Metrô: Thi-ago-Braz!

Voltavamos pra casa após eliminação no futebol feminino.  O metrô não era mais o festivo do caminho de ida pro estádio, quando ainda sonhavamos com a decisão. Pior: nele dividíamos vagões com suecos felizes. Eles cantam uma musiquinha que ninguém entende, mas que a gente imagina, com muito estudo que seja “Suécia!”. Só que na língua deles, claro. No metrô respeitaram …

Read More »

Medalha do ginasta olímpico e só!

Hypolito é prata.  E eu não quero discutir seu trabalho, sua nota, sua apresentação porque obviamente não entendo porra nenhuma de ginástica.  Só fico feliz pela prata do nosso país e principalmente por ser do Diego. Porque em especial o Diego? Eu explico, mas só pra quem quiser e souber ler. Então, se você busca nas próximas linhas uma forma …

Read More »

Os maiores também em Olimpíadas!

E o futebol nos consegue mais uma medalha. Será a sexta, e pasmem, o Brasil se torna o maior medalhista olímpico no futebol em todos os tempos. Falta o ouro. Mas o nosso “fracasso”, o nosso “trauma”,  é ser o maior medalhista em olimpiadas. É inacreditável a força do futebol brasileiro e nota-se isso quando a referência de algo ruim …

Read More »

Não é machismo

No momento em que o mundo discute a fome, não se joga nem comida estragada fora. Quando se discute o casamento gay, não se brinca de chamar alguém de “viado”, e quando o machismo é o foco, sobra pontapés pra todos os lados, até para os que não merecem. Discute-se machismo e preconceito com o futebol feminino. Outro dia a …

Read More »

Rio, a ex que ficou gostosa

Sou brasileiro e portanto jamais vivi sequer 24h onde as pessoas a minha volta sentem mais orgulho do que vergonha.  Até mesmo quando cabe o orgulho, logo o brasileiro se lembra de alguma vergonha para conseguir conviver com isso de forma mais natural. Há 10 dias eu não sabia o que era uma Olimpíada e nem mesmo o que ela …

Read More »

Vai, viado!

Brazil's centre Augusto Lima (C) celebrates with teammates after defeating Spain during a Men's round Group B basketball match between Spain and Brazil at the Carioca Arena 1 in Rio de Janeiro on August 9, 2016 during the Rio 2016 Olympic Games. / AFP / Mark RALSTON

Voltamos com as incríveis “Coisas que só acontecem com o Perrone”, sucesso no blog. A primeira olímpica foi foda, quase homofobica, mas sem intenção, juro! Cá estou de casa nova e fui cortar o cabelo. Não achei um barbeiro perto, então entrei num cabeleireiro e perguntei se cortava cabelos ruins, porém de macho, também.  Me disseram que sim. Entrei, me …

Read More »

O Maracanã tem alma

Times tem alma, torcidas tem alma. Porque imaginam que estádios não tenham?  O Maracanã foi palco de mais uma derrota dolorosa pro Brasil, e mais uma vez surgem as manchetes dos fantasmas. Você sabia que na final de 1950 contra o Uruguai havia milhares de convidados que jamais foram a um jogo de futebol e, por isso, cometeram a indelicadeza …

Read More »

Olímpiadas no Metrô – Pais e filhos

Barra da Tijuca, metrô novo. Lá estava embarcando na bela estação recém inaugurada quando saltou um brasileirinho e seu pai, que de camisa da seleção tal qual o filho, não escondia a euforia de estar no evento. Não sabia pra qual evento ele ia. Sabia que ia. Em algum momento ele perguntou pro Pai se o Neymar ia jogar.  Calmamente …

Read More »

Somos!

Falando em “nós”,  lá na semifinal estamos. Eles e eu, eu e vocês. Os amarelos que queremos, não porque estão jogando o que esperávamos, mas porque estão brigando como brigaríamos nós. A partida contra o Iraque foi absolutamente decisiva para que esse time percebesse o que estava fazendo de errado.  A bola as vezes vai entrar, as vezes não. É …

Read More »

Tá escrito

“Às vezes a felicidade demora a chegar Aí é que a gente não pode deixar de sonhar Guerreiro não foge da luta e não pode correr Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer” Já diria um amigo meu, “tá escrito”.  E se não estiver, escreva! Sofremos desproporcionalmente a decepção de dois empates como se fossem duas goleadas. Hoje, com …

Read More »

A descoberta

Acho que há alguns anos tenho uma guerra contra “meus colegas” sobre o que penso de esporte e como ele deve ser tratado. Pelo fato de não ter como exemplificar, sempre tive dificuldade em explicar pro “não jornalista” qual era meu ideal. Agora conseguirei. Quando você vê o comentarista chorando, o narrador perdendo a voz, o repórter se perdendo diante …

Read More »